ADs

Resenha (6) - O Príncipe da Escuridão

O Príncipe da Escuridão 

Sinopse:
Se amanhã você acordasse no Inferno,aceitaria seu destino? Quando se trata de um demônio, além das dúvidas, todo o sofrimento físico e psicológico é eterno. Mas, o anjo que jurou lhe deixar trancado no Inferno para sempre, pode mudar tudo. Compreensível? Inimaginável…

O príncipe da escuridão é o livro de estreia do escritos brasileiro Felipe C. Rosa e faz com que já fique a expectativa para novos livros do autor. Digo isso porque, para um primeiro livro, este me surpreendeu bastante, não somente com a história que consegue ser original em um tema que já é batido, mas pela forma escrita, sem forçar gírias ou trejeitos brasileiros e sem copiar a literatura estrangeira com a qual estamos mais acostumados.

O livro me prendeu bastante desde o começo. Os mundos criados pelo autor são bastante completos e há uma boa descrição de todos os ambientes por onde os personagens passam. Através da visão do personagem principal que morreu e acordou no inferno sem saber como ou porque, viajamos entre 3 dimensões (céu, terra e inferno)acompanhando sua angústia, seus medos, um amor impossível e uma intensa luta por sobrevivência e o direito a um julgamento e quem sabe a tão sonhada vaga no paraíso.

O livro prende o leitor pois praticamente não há momento de reflexão ou de interpretação. A história é jogada no leitor durante a ação, ação que ocorre o tempo todo quase sem deixar tempo para respirar.

Mas como nem tudo são flores, não há final para o livro. Fica claro que o livro não acabou, que provavelmente será lançada uma continuação, mas não há data nem previsão nem mesmo um comentário sequer sobre essa possível continuação, o que acaba sendo muito frustrante para quem quer mais do que esse jovem leitor tem a oferecer.

A historia é sobre uma pessoa que morre e é jogada no inferno, sem julgamento e sem
entender o que está acontecendo. Após algumas visitas na terra, ele encontra uma dupla de anjos que o por muito pouco o deixam vivo, mas também com uma dúvida cruel sobre a certeza de que pertence ao inferno ou se ainda há chances de obter seu julgamento e alcançar o paraíso. Enquanto começa sua luta para a liberdade, tem de enfrentar o príncipe do inferno, que o adota como novo protegido e preferido e com a infelicidade de um amor praticamente impossível.


Pontos positivos:
  • Recicla um tema batido com muita originalidade.
  • Leitura dinâmica prende o leitor e não cansa.
  • Escritor brasileiro cria identificação com os leitores durante a leitura.
  • Leitura leve e de fácil entendimento.

Pontos negativos:
  • Não tem final. Pelo menos ainda não.
  • Pode parecer violento para alguns.


Conclusão:
O livro é ótimo. Parece que o autor não pretende continuar a história ou pelo menos não consegui encontrar na a respeito, o que é uma pena. Mas torço para que ele continue escrevendo, pois tem tudo para disputar um espaço ao lado de Sphor e Draccon entre os grandes nomes da fantasia brasileira.

Felipe C Rosa
Autor: Felipe C. Rosa
Livro: O Príncipe da Escuridão
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira
Ano: 2011
Páginas: 408

Ler é Mais

Lorem ipsun