ADs

Lançamentos de Janeiro da Harper Collins Brasil

A Arte de Viver - Thich Nhat Hanh
Em tempos difíceis, há uma urgência de entender a nós mesmos e ao mundo. Temos muitas questões que nos perturbam tanto consciente quanto inconscientemente. Nesta obra, Thich Nhat Hanh, um dos líderes espirituais mais respeitados hoje, revela a arte de viver em um estado de consciência plena que nos ajuda a responder às perguntas mais profundas da vida e a sentir a felicidade e liberdade que desejamos. Revelando meditações que nos libertam para uma vida feliz, pacífica e ativa, ele nos mostra como encarar a idade e a morte com curiosidade e alegria, não com medo, e, acima de tudo, como gerar felicidade, compreensão e amor para que possamos viver profundamente cada momento de nossas vidas, exatamente onde estamos.

O Mau Exemplo de Cameron Post - Emily M. Danforth
Quando os pais de Cameron Post morrem em um acidente de carro, a primeira coisa que ela sente, para sua própria surpresa, é alívio. Alívio que eles nunca vão precisar saber que, algumas horas antes, ela estava beijando uma menina.
Mas o alívio não dura, e Cam é forçada a morar com sua tia ultraconservadora e sua bem-intencionada mas antiquada avó. Ela sabe que, daqui em diante, tudo será diferente. Sobreviver nessa pequena cidade rural de Montana exige que Cam finja ser igual a todo mundo e evite assuntos indelicados (como diria sua avó), e ela é boa nisso.
Até que Coley Taylor chega à cidade. Coley é perfeita, e tem um namorado perfeito para completar. Ela e Cam forjam uma amizade intensa, que parece deixar espaço para algo mais. Mas assim que isso começa a parecer possível, a religiosa tia Ruth decide que é hora de “consertar” sua sobrinha, a mandando para God’s Promise, um acampamento de conversão que deve “curar” sua homossexualidade. Lá, Cam fica frente a frente com o custo de negar quem ela é – mesmo que ela não tenha certeza que sabe realmente quem é.
O mau exemplo de Cameron Post é uma estreia literária inesquecível e impressionante sobre descobrir quem você é e ter a coragem de viver de acordo com suas próprias regras.

O Livro de Ouro das Revoluções - Mark Almond
De revoltas populares a golpes militares, de guerras civis a rebeliões políticas, as revoluções ao redor do mundo mudaram o rumo da história da humanidade. As revoluções foram chamadas de motores da história, derrubaram regimes e impérios seculares, trouxeram novas e poderosas ideias à linha de frente da política, criaram nações e fizeram o povo subir à ribalta pública pela primeira vez. A abordagem de Almond não só cobre as revoluções "clássicas" da história, mas também analisa as contrarrevoluções, as "revoluções contra o progresso" que desafiaram as presunções modernas em tempos recentes. Escrito em um estilo vívido e acessível, este livro é um tratamento contemporâneo a um tema clássico da história, de relevância crucial para o mundo moderno.

Livro de Ouro da Mitologia - Thomas Bulfinch
Altares ruíram e templos se perderam nas areias do tempo, mas as religiões da Grécia e da Roma Antigas nunca despareceram por completo. Seu legado de mitos e heróis continua presente até hoje, e é o pilar da cultura ocidental. As histórias passadas de geração a geração há milênios, que hoje são peças-chave das mais populares e consagradas obras de diversas formas de arte estão reunidas aqui, sob as bênçãos de Zeus. As mais cativantes narrativas que a mente humana já criou transportam o leitor para terras onde fatos incríveis acontecem - onde belas ninfas e corajosos heróis veem seus destinos nas mãos de caprichosos deuses e criaturas fantásticas ganham vida.

1565: Enquanto o Brasil Nascia - Pedro Doria
Este livro é a história dos inúmeros e improváveis personagens que, juntos, passaram por batalhas sangrentas, vitórias e reveses, episódios de sorte e coragem, e grandes aventuras para construir o Brasil nos dois primeiros séculos de colonização portuguesa. O jornalista Pedro Doria narra os eventos que culminaram na fundação do Rio de Janeiro, em 1565, passando pelo nascimento de São Paulo, anos antes, e costurando as histórias de portugueses, índios, franceses e africanos que, entre erros e acertos, inventaram um país.

Ler é Mais

Lorem ipsun