ADs

Intrinseca apresenta A Forma da Água

A Editora Intrinseca revelou a capa nacional do livro "A Forma da Água", uma parceria entre Guillermo del Toro e Daniel Kraus que resolveram criar uma obra original que já nascesse adaptada aos cinemas e também no formato livro.

O longa deve estrar mês que vem nos cinemas nacionais, mas lá fora tem causado polêmica. Isso porque o herdeiro do dramaturgo Paul Zindel acusou a obra de plágio. Segundo David Zindel, filho do dramaturgo americano vencedor do Pulitzer, o longa contém muitos dos mesmos elementos de uma peça escrita por seu pai em 1969, e que virou atração na TV.

A Forma da Água chega nas prateleiras no dia 27 de Fevereiro e você já pode adiquirir o seu na pré-venda.


Sinopse:
Richard Strickland é um oficial do governo dos Estados Unidos enviado à Amazônia para capturar um ser mítico e misterioso cujos poderes inimagináveis seriam utilizados para aumentar a potência militar do país, em plena Guerra Fria. Dezessete meses depois, o homem enfim retorna à pátria, levando consigo o deus Brânquia, o deus de guelras, um homem-peixe que representa para Strickland a selvageria, a insipidez, o calor — o homem que ele próprio se tornou, e quem detesta ser.

Para Elisa Esposito, uma das faxineiras do centro de pesquisas para o qual o deus Brânquia é levado, a criatura representa a esperança, a salvação para sua vida sem graça cercada de silêncio e invisibilidade.

Richard e Elisa travam uma batalha tácita e perigosa. Enquanto para um o homem-peixe é só objeto a ser dissecado, subjugado e exterminado, para a outra ele é um amigo, um companheiro que a escuta quando ninguém mais o faz, alguém cuja existência deve ser preservada.

Mistura bem dosada de conto de fadas, terror e suspense, "A Forma da Água" traz o estilo inconfundível e marcante de Guillermo del Toro, numa narrativa que se expande nas brilhantes ilustrações de James Jean e no filme homônimo, vencedor do Leão de Ouro em 2017. Uma história cinematográfica e atemporal sobre um homem e seus traumas, uma mulher e sua solidão, e o deus que muda para sempre essas duas vidas.

Ler é Mais

Lorem ipsun