ADs

Melhores Lançamentos de Setembro de 2015

Demorou bastante mais saiu finalmente um dos melhores posts deste blog. Confira abaixo - com muitas mudanças, porém não todas que eu gostaria - a nossa lista com as escolhas dos melhores lançamentos de Setembro de 2015.

Os Senhores dos Dinossauros - Victor Milán
Em “Os Senhores dos Dinossauros”, Victor Milán consegue materializar um sonho que milhares de leitores compartilham secretamente desde a infância: cavalgar os gigantes répteis pré-históricos, como o terrível Tiranossauro Rex. O romance se passa no Império da Nuevaropa, um continente claramente inspirado na Europa do século XIV. Cultura e costumes, religião, conflitos políticos, tecnologia e armamento são compatíveis com o último período da Idade Média. Mas neste mundo, construído pelos Oito Criadores, os dinossauros também fazem parte do arsenal de guerra.
Os Senhores dos Dinossauros é o primeiro livro de uma Trilogia desenvolvida por Victor Milán, autor de mais de 100 romances de ficção científica e fantasia. Ele também é um dos fundadores e coescritores do projeto Wild Cards, de Melinda M. Snodgrass e George R. R. Martin. O autor de Guerra dos Tronos, amigo pessoal de Milan, define o que os leitores podem esperar de Os Senhores dos Dinossauros: “É como um encontro de Jurassic Park com Game of Thrones.”
A luxuosa edição brasileira de Os Senhores dos Dinossauros vem em capa dura, com ilustrações originais de Richard Anderson, artista que desenvolveu concepts para filmes de Hollywood como Os Guardiões da Galáxia, Thor: O Mundo Sombrio, Gravidade e Prometheus.

Esse mês a darkside lançou quatro títulos incríveis, mas optei em destacar 'Os Senhores dos Dinossauros' por ser novidade e pela temática envolvente que abre um trilogia que promete, afinal não é todo dia que temos em mãos uma ficção de ponta, escrita por um cara que já escreveu mais de 100 livros e ainda por cima com o acabamento perfeito da DarkSide Books.


Star Wars - Sombras do Império - Steve Perry
São tempos sombrios na galáxia. Enquanto a princesa Leia organiza uma missão para resgatar Han Solo do terrível Jabba, o Hutt, Darth Vader vasculha a galáxia atrás de Luke Skywalker, com o objetivo de recrutá-lo para o lado sombrio da Força.
Para atender a ordem do imperador Palpatine, o Lorde Sombrio une seus esforços a Xizor, poderoso líder de uma organização criminosa. Mas Vader não é o único a querer as graças do imperador, e seus planos podem ser colocados em risco, já que o chamado Príncipe Negro pode ter outros interesses nessa empreitada.

A franquia mais famosa do mundo está em alta neste ano. Esse livro é mais dos muitos que vêm sendo lançados em preparação para o 7° filme da franquia que deve sair ainda este ano. A Aleph é responsável pela maioria das novidades literárias do universo Star Wars no Brasil e esse está situado em um dos melhores momentos da cronologia da saga.


Dez Coisas Que Aprendi Sobre o Amor - Sarah Butler
Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?

Um drama leve e sentimental para tardes aproveitadas em uma rede na sombra sentindo a brisa que passa. Um livro que fala de amor. Não do romântico, mas daquele que muitas vezes é mais potente que qualquer outra forma de amor. Amor de pais e filhos.




 
Um Coração Entre Dois Mundos - Camille Storch
Mel foi obrigada a deixar tudo o que amava e conhecia em Londres para viver no Brasil, país com o qual não tinha familiaridade alguma e mal conhecia a língua, sabendo que jamais voltaria para sua querida Londres. Mais uma vez, sentia que seria um peso para sua família. Tudo muda quando, logo no primeiro dia de aula em São Paulo, ela é sequestrada e deixada em um quarto escuro, com apenas uma cama. É nesse lugar que ela conhece Sam: um homem lindo e com longos cabelos negros, a última pessoa que poderia encontrar em um lugar tão horrível. Sam diz que Melanie é especial e possui um dom único, e é por isso que ele precisa leva-la até seu mestre.
Agora, ela terá de se preparar para enfrentar desafios que jamais acreditou serem reais. Em meio a um mundo mágico e inexplicável, cheio de anjos, demônios e seres mitológicos, Mel irá lutar pelas pessoas que ama e descobrir o verdadeiro propósito de sua existência.
Em meio a essa emocionante jornada, a autora busca alternativas inusitadas e criativas para enfrentar os impasses e atravessar a ponte para a próxima aventura. Melanie descobrirá que deve acreditar mais em si mesma.

Primeiro livro de uma fantasia nacional, 'Um Coração Entre Dois Mundos' vem como uma tendência nos livros do gênero e nacionais. O tema pode ser um pouco batido nas muitas opções de YA que temos no mercado, mas a ambientação brasileira faz com que o livro chame a atenção e baseado nesse primeiro, promete ser uma ótima trilogia.

Invisível - Marcus Vinicius
A crença em um Deus que rege o universo e tece o destino de cada ser mortal existe desde as eras mais remotas da humanidade. Mas como afirmar, com toda certeza, a existência deste ser supremo?
Alguns afirmam que, através da fé e do amor, podemos sentir sua presença em todos os momentos de nossas vidas. Outros afirmam que é impossível existir vida além da que possuímos agora. Há os que acreditam, ainda, que temos várias existências baseadas em aprimoramento pessoal e que continuaremos reencarnando até alcançar a iluminação.
E VOCÊ? NO QUE ACREDITA?
Com argumentos racionalizados e comparações espirituais, o autor reflete sobre a existência de Deus, da alma e do mundo incorpóreo de um ponto de vista filosófico, se aprofundando nessa existência em todos os planos, concepções e crenças.
Nunca podemos negar o mundo invisível, pois todas as ideias e coisas saem do mundo invisível.
                                                                                                                                                
O divino sempre causa assombro, admiração, medo ou ainda desprezo. São várias vertentes cristãs, várias religões, várias teorias e definitivamente, muita discussão e poucas certezas no que diz respeito ao mundo espiritual. Esse livro nos ajuda a refletir sobre nossa fé e nossas crenças. Um livro para ser lido de mente aberta e, a sua maneira, se aproximar um pouco mais de Deu, ou não!



Muito Mais que 5inco Minutos - Kéfera Buchmann
Você conhece a Kéfera? Pois deveria! Com 22 anos, Kéfera Buchmann reúne quase doze milhões de seguidores nas suas mídias sociais (YouTube, Facebook, Twitter e Instagram). Só o seu canal no YouTube, “5inco minutos” (procura aí na internet), tem cinco milhões de assinantes e é o quarto mais visto do Brasil. Tá achando pouco? Ela ainda recebe diariamente centenas de mensagens de fãs do Brasil todo e é parada na rua a todo momento. Se o YouTube é de fato a nova televisão, como acha muita gente, hoje Kéfera é o equivalente aos antigos astros globais. Tão conhecida e amada quanto eles. Neste livro, que tem literalmente a sua cara, Kéfera parte de sua vida para falar de relacionamentos, bullying, moda e gafes e conta uma série de histórias divertidas com as quais é impossível não se identificar.

Dificilmente eu recomendaria baseado somente em meu gosto um livro escrito pela nova celebridade youtuber do momento. Mas Kéfera fez tanto sucesso com 'Muito Mais que 5inco Minutos que fica impossível não citar o livro entre os melhores de Setembro.



Para Você Não se Perder no Bairro - Patrick Modiano
Mais recente romance do ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 2014, Patrick Modiano, Para você não se perder no bairro é a saga íntima de um homem em busca da sua identidade. Curto, elegante e hipnótico, como a maioria das obras do autor, o romance conta a história de Jean Daragane, um escritor veterano cuja rotina solitária é alterada após receber a ligação de um desconhecido que alega querer devolver a ele uma caderneta de endereços e telefones. A partir do inusitado encontro num café de Paris, Modiano conduz o leitor por uma investigação detetivesca que desenterra fantasmas do passado, levando a história a um de seus temas preferidos: o período da ocupação da França pelos nazistas durante a Segunda Guerra. Em 2014, a Rocco relançou três clássicos do escritor laureado com o prêmio máximo da literatura em novo projeto gráfico – Ronda da noite, Dora Bruder e Uma rua de Roma.

Depois de ganhar o prêmio nobel de literatura, Modiano se tornou o novo queridinho dos leitores ávidos mundo afora. Mas seu sucesso é justificado. Seus livros prendem o leitor do começo ao fim em um ritmo hipnótico. 'Para Você Não se Perder no Bairro' não é diferente e é outro livro excelente do autor.


Halo - John Shirley
Num universo influenciado pela herança dos Forerunners, uma raça superpoderosa que desapareceu misteriosamente, duas grandes raças alienígenas - os San ‘Shyuum (Profetas) e Sangheili (Elites) - travam uma batalha pelo controle dos artefatos sagrados, e mortais, deixados pelos extintos Forerunners. Halo: Broken Circle é uma obra original do universo expandido de Halo, um dos maiores sucessos da Microsoft, com mais de 60 milhões de jogos vendidos em todo o mundo. Inspirado no universo do game, o escritor John Shirley mergulha nas origens do conflito entre Prophets e Elites que resultou na aliança Covenant, conhecida dos fãs do jogo, e apresenta aos leitores a história desconhecida de um dos heróis mais improváveis do universo Halo.

Halo é um dos melhores games de tiro/ação já desenvolvidos e com certeza um dos maiores sucessos da Microsoft. Sua história é baseada em um universo complexo que agora é explorado em livros como esse, que mesmo para quem nunca chegou perto do jogo, pode ser lido como um excelente livro de fantasia e ficção.


A Garota da Banda - Kim Gordon
Lançamento do selo Fábrica231, a badalada autobiografia A garota da banda, de Kim Gordon, chega ao Brasil depois de conquistar público e crítica nos Estados Unidos e na Europa. Fundadora da banda Sonic Youth, ao lado do ex-marido Thurston Moore, Kim Gordon foi baixista e vocalista do grupo por mais de três décadas, além de produtora musical, artista visual, ícone fashion e atriz que continua a influenciar gerações de mulheres. No livro, ela narra sua trajetória com o mesmo estilo visceral e livre de amarras com que se apresenta nos palcos. E começa de trás para frente, partindo de dois términos entrelaçados: o divórcio do casal e o fim do Sonic Youth, ambos um baque para os fãs. A partir daí, a autora fala de casamento, maternidade, feminismo, de seu background familiar, da paixão pelas artes visuais e, claro, de música, com uma narrativa não linear, mas sempre fascinante.

Ícones femininos de sucesso estão sempre em falta no mundo. Por isso autobiografias como a de Kim Gordon se fazem necessárias pois ajudam a quebrar paradigmas e preconceitos, além de inspirar milhares de mulheres mundo afora. Ótimo livro, impossível não se admirar e buscar melhorias em nossa própria vida após conhecer a história da fundadora do Sonic Youth.



Malícias e Delícias - Malícias e Delícias 1 - Tara Sivec
CUIDADO: Esta história de amor pode matar você de tanto rir. Ah, e está escandalosamente lotada de porres homéricos e, hummm, sexo da melhor qualidade!
Claire é uma espirituosa jovem de vinte e poucos anos que trabalha num bar (não era esse o plano, mas...) e, muito a contragosto, resolveu ajudar a melhor amiga (uma expert em malícias) a vender brinquedos eróticos bem safadinhos. Na verdade, seu sonho é viver de delícias, ou melhor, abrir uma confeitaria dedicada exclusivamente a doces, cookies e bolos feitos com muuuito chocolate. Quando Carter, um rapaz que conheceu numa festa de faculdade e com quem passou uma única noite (o suficiente para mudar sua vida para sempre!), reaparece na cidade sem demonstrar reconhecê-la, a não ser pelo profundo aroma de chocolate que Claire exala no ar, ela se mostra determinada – aaaai que loucura! – a fazê-lo nunca mais se esquecer dela. Só que existe uma terceira pessoa na relação (divertidíssimo, porém desbocado e inconveniente). Alguém que Carter desconhece e que, das duas uma: ou o obrigará a comprar uma passagem só de ida para o Polo Norte ou o fará o homem mais feliz do mundo!!!

Romance chick-lit para moças ou rapazes bem resolvidos, Malícias e Delícias é hilário. O tipo de leitura para mudar o seu humor e tornar o seu dia mais alegre. Só convém não deixar a capa muito amostra em ambiente de trabalho, fica difícil explicar principalmente se você for homem.



Quando Tudo Começou - Bruna Vieira e Lu Cafaggi
Bruna tem uma lista secreta de sonhos que nunca contou para ninguém. Em uma cidade tão pequena que você provavelmente nunca ouviu falar, sua história começa. Nem tão alta, nem tão magra, nem tão divertida. Dizem que ela queria fazer as malas e explorar o mundo, mas antes disso vai precisar lidar com a timidez e enfrentar os primeiros dias na nova escola.
Viajando com andorinhas e descobrindo as pontes que ligam a vida de uma garota comum aos seus sonhos, Bruna Vieira encontra o traço delicado da premiada ilustradora e quadrinista Lu Cafaggi, nos presenteando com a história de uma jovem que aprendeu a amar a vida e a si mesma antes de conhecer o mundo lá fora.

A junção de Bruna Vieira e Lu Cafaggi só poderia mesmo resultar em mais uma obra de sucesso. A nova HQ, com foco no público jovem feminino é praticamente uma obrigação nas prateleiras de leitoras que curtem HQs e boas histórias.



A Garota Inglesa - Daniel Silva
Madeline Hart é uma estrela em ascensão no governo britânico: linda, inteligente, com uma trajetória de enorme sucesso após uma infância pobre. Mas ela também guarda um segredo obscuro – é a amante do primeiro-ministro Jonathan Lancaster. E isso é tudo que os sequestradores dela precisam saber para chantagear o premier e fazê-lo pagar caro por seus pecados, ameaçando Madeline de morte.
Temeroso de um escândalo, Lancaster decide lidar com o caso sem envolver a polícia inglesa. É uma manobra perigosa, especialmente para o agente que conduzirá a busca pela garota. Porém, operações mortais com alto risco político não são novidade para o espião israelense Gabriel Allon.
À medida que se aproxima o dia da execução de Madeline, Gabriel mergulha em uma angustiante empreitada para resgatá-la. Mesmo sob pressão, ele está certo de que será bem-sucedido, até que os acontecimentos se desenrolam de forma chocante, e nem mesmo o leitor estará preparado para o que Daniel Silva lhe reserva.

Essa mistura de drama com romance policial resultou em um livro eletrizante, diferente e cheio de reviravoltas e surpresas no enredo. Não é o tipo de livro que conseguimos prever com facilidade o que vai acontecer e isso só torna a leitura ainda mais interessante.



A Maleta da sra. Sinclair - Louise Walters
Roberta, uma solitária leitora voraz de 34 anos, trabalha na livraria The Old and New na Inglaterra. Ao encontrar uma carta dentro da uma velha mala desgastada da avó que nunca conheceu, ela descobre um segredo sombrio, e tudo o que sabia sobre a sua família irá desmoronar.
Intercalando com a narrativa de Roberta, está a de sua avó, Dorothy, uma mulher de 40 anos, sem filhos, desesperada para engravidar, mas que vive um casamento infeliz com Albert, que está em um campo de batalha na Segunda Guerra Mundial. Após um encontro casual com um piloto de guerra polonês, Dorothy acredita que finalmente encontrou a felicidade, mas, ao contrário, terá que tomar uma decisão inimaginável, cujas consequências irão alterar para sempre a estrutura de sua família.
As histórias paralelas de Roberta e Dorothy desenrolam-se durante um período de oitenta anos, enquanto as duas buscam seu próprio caminho em meio a segredos, sacrifícios, mentiras e amor. O livro é uma história mágica de dois mundos, um abalado por segredos e o outro pela verdade.

Um drama muito interessante na forma como as duas histórias se complementam e na sutileza com que a autora nos prova a influencia que a familia tem sobre nós, mesmo quando não queremos ou tentamos fugir dessa influencia através do tempo. Por trás das revelações chocantes, está a linda história de lutas e sacrificios de uma mulher de seu tempo tentando encontrar a felicidade.


Beije-me Onde o Sol Não Alcança - Mary del Priore
Um conde russo, a herdeira de um barão do café do Vale do Paraíba e uma exescrava. Unindo as pontas do triângulo, paixões, tragédias, a moral hipócrita de uma época, grandes fortunas, falências, derrocadas... Neste romance que parte de fatos e personagens verídicos, Mary del Priore cria uma narrativa que prende o leitor desde a primeira página.
O olhar da historiadora faz um retrato vivo do tempo e dos acontecimentos que o marcaram, mas é a história de amor de Maurice Haritoff, Nicota Breves e Regina Angelorum (nomes reais que parecem inventados) que nos arrebata. Com descrições de uma riqueza impressionante, Mary del Priore nos faz mergulhar na narrativa, nos carrega para dentro da história.
Sentimos os cheiros, ouvimos os sons, vemos pelas frestas dos casarões um mundo onde convivem dramas, angústias, ambição, sensualidade, opressão feminina e religiosidade. Somos levados, ou nos deixamos levar. Difícil é voltar da viagem quando o livro acaba.

Depois que li Um Poema Para Bárbara estou sensível a romances nacionais. Aí a planeta lança mais um romance histórico de Mary del Priore e é claro que preciso ler. A autora, professora, historiadora e pesquisadora já tem mais de 25 títulos e mesmo assim consegue surpreender a cada novo romance. A sinopse descreve melhor do que eu esse novo título.


Amor Entre Guerras - Marianne Nishihata
Tomiyo Yamada viu a carioca Ilma pela primeira vez na estação de trem de Mogi das Cruzes, numa tarde ensolarada de dezembro de 1940. O que mais lhe chamou atenção foram seus cachos quase loiros, embalados pelo vento. Ilma, por sua vez, tinha paixão por homens de olhos puxados. Mas, recatada e religiosa, não deu muita bola para os olhares instigantes daquele desconhecido bem apessoado.
Alguns dias se passaram e eles se reencontraram na Missa do Galo, e, a partir daí, foram muitos encontros e desencontros na pequena cidade do interior de São Paulo. O destino dos dois já havia sido selado e nem mesmo uma tenebrosa guerra foi capaz de arrefecer a paixão que nasceu na plataforma daquela estação. Nem mesmo a morte.
Esta poderia ser a sinopse de um filme de Hollywood, no entanto é a história real do japonês Tomiyo Yamada, um soldado da FEB, e da carioca Ilma Faria, separados pelo ciúme, pelas diferenças raciais e, por fim, pelo horror da Segunda Guerra Mundial. Mas o amor tudo vence.

Eu disse que estou na onda dos romances históricos nacionais. Neste livro vamos ver um pedacinho da história nacional que mudou o interior de São Paulo e a própria capital paulistana. Um pedacinho da história da migração japonesa e da vida dos migrantes em nosso país, em um momento em que as duas nações se tornaram inimigas em uma guerra.



Vida Após o Roubo - Aprilynne Pike
Novo livro da autora best-seller da série Fadas. Kimberlee Schaffer talvez fosse linda de morrer... só que ela acabou morrendo mesmo, há mais de um ano. Agora, precisa da ajuda de Jeff para resolver alguns assuntos pendentes. E não vai aceitar um "não" como resposta. Quando estava viva, Kimberlee não era apenas uma menina maldosa; era, também, cleptomaníaca. Portanto, se Jeff não quiser ser assombrado pelo fantasma dela até o dia de sua formatura, terá de ajudá-la a devolver tudo que roubou. Rapidamente, porém, ele descobre que é muito mais fácil roubar do que devolver. Pagar pelos erros cometidos adquire um significado completamente novo nesta versão moderna e inteligente do clássico Pimpinela Escarlate, criada por Aprilynne Pike.

Um YA envolvente com uma temática diferente. Apesar de lidar com uma protagonista morta, o livro não tem nada de sobrenatural e é muito divertido na interação com os dois protagonistas.Uma releitura muito boa e que vale a pena a leitura.



O Outro Cão que Guarda as Estrelas - Zoku Hoshi Mamoru Inu
Conheça a tocante história de outro cãozinho abandonado com Happy, o protagonista de ''O Cão Que Guarda As Estrelas''. Abandonado por estar muito fraco e doente, é acolhido por uma senhora que resolve usá-lo como uma desculpa pra finalmente tirar a própria vida.
''O Outro Cão Que Guarda As Estrelas'', escrito por Takashi Murakami e publicado originalmente em 2011, é uma história sobre a importância de ter alguém ao seu lado, e como a amizade e o amor sinceros até mesmo de um cãozinho fazem a diferença na vida das pessoas.

Existem diversas formas de amor e consequentemente diversas formas de falar sobre amor ou de demonstrar o amor. E quem pode contestar que uma dessas formas, o amor de nossos animaizinhos por nós, é talvez uma das mais poderosas que nós seres humanos podemos conhecer. Esse mangá é um dos mais lindinhos que já li e mais do que recomendo!


Parasyte - Kiseiju e Hitoshi Iwaaki
Parasyte tem início quando criaturas parasitas desconhecidas começam a surgir por toda a parte, tomando controle do corpo de pessoas comuns através do cérebro e se alimentando de outros seres humanos. Uma dessas criaturas tenta invadir o corpo de Shinichi Izumi, um jovem de 17 anos, mas, ao não conseguir entrar pela cabeça, tenta usar a mão direita dele, mas é impedido de avançar mais, tomando apenas essa parte de seu corpo.
Agora, Shinichi e a criatura parasita (que adota casualmente o nome de Miggy, baseando-se na palavra japonesa para “direita”, migi) se tornam uma existência simbiótica, e são visados por outros desses seres, por serem considerados diferentes e estranhos.

O anime desse mangá é uma das coisas mais grotescas e estranhas que eu já assisti e olha que a cultura japonesa não se cansa de produzir coisas estranhas e grotescas. O mangá aparentemente não fica atrás, o que é claro, só pode ser sinônimo de uma ótima série para começar a acompanhar.


Ultraman - Eiichi Shimizu
O novo mangá da JBC tem início anos após os eventos vistos na série original Ultraman. Após inúmeras batalhas para defender a Terra, o herói nunca mais foi visto. Muitos acreditavam que ele tinha voltado para seu planeta natal e com o tempo se tornou uma lenda.
A Patrulha Científica (Science Special Search Party) ainda é a força de defesa da Terra da qual Shinjiro Hayata, filho de Shin Hayata – o Ultraman original –, faz parte. Desde criança Shinjiro mostrou não ser comum. Dotado de poderes especiais, ele nunca soube que seu pai um dia foi o hospedeiro humano do Ultraman. O próprio Hayata, hoje Ministro da Defesa, não se lembrava mais de quando compartilhava seu corpo com o herói espacial. Mas a situação não tarda a mudar. Quando uma nova invasão alienígena tem início, a vida do jovem patrulheiro irá mudar drasticamente.
Apesar de atualizar todo o universo da Família Ultra para o nosso presente, os fãs mais antigos irão vibrar com as participações de velhos conhecidos. Desde outros membros da Patrulha Científica e antigos inimigos – como os monstros Bemular e Red King e dos aliens Zetton – até a presença de novas versões dos demais Guerreiros Ultras, entre eles Seven e Jack.

Não precisa de muita descrição sobre este mangá, afinal estamos falando de ultraman, né gente? Mas se por algum acaso nunca ouviu falar de Ultraman, apenas posso deixar minha recomendação para que comece a acompanhar esse que é um dos mangás mais aguardados do ano.



O Aprendiz - O Conjurador 1 - Taran Matharu
Em O aprendiz, primeiro volume da série Conjurador, Fletcher é um órfão de 15 anos e, para sua surpresa, conseguiu invocar um demônio do quinto nível. O problema é que apenas os nobres deveriam ser capazes de conjurar criaturas e usá-las na guerra contra os orcs. Mas plebeus como Fletcher também podem ser conjuradores, e o garoto consegue uma vaga na Academia Vocans, uma escola de magos que prepara seus alunos para os campos de batalha. Lá, ele irá enfrentar o bullying dos nobres, mas também aprenderá feitiços e fará amigos incomuns, como anões e elfos. Além de se provar digno de uma boa patente na guerra, Fletcher e seu grupo de segregados precisam se unir e vencer o preconceito que sofrem na desigual sociedade de Hominum.

Estou muito, mas muito empolgado com essa série. A Galera geralmente acerta nos livros YA e é de longe a maior editora na categoria. Além disso esse livro já vem carimbado por ter feito sucesso no Wattpad e conseguido prender mais de 6 milhões de leitores. Não vejo a hora de começar a ler essa que promete ser mais uma série incrível.



Histeria - Katherine Howe
Histeria narra os estranhos eventos envolvendo uma misteriosa epidemia que afeta as alunas do Ensino Médio na cidade de Danvers, Massachusetts. Subitamente, meninas à espera do resultado das universidades apresentam sintomas estranhos – convulsões, crises de tosse e queda de cabelo –, o que espalha pânico e dá início a especulações na St. Joan Academy. Reação alérgica à vacina contra HPV, poluição ambiental, estresse coletivo... Ou elas estariam apenas fingindo?
É quando uma das estudantes percebe semelhanças entre o que acontece com suas amigas e algo que ocorreu há mais de 300 anos: o julgamento das Bruxas de Salem, episódio no qual 20 pessoas foram condenadas à morte por praticar feitiçaria. Fazendo uma atividade complementar, Colleen Rowley precisa ler os relatos da época e começa a notar que talvez exista mais por trás da doença misteriosa que aflige suas colegas.
Katherine Howe se inspirou no episódio real que aconteceu em 2012 em Le Roy, em Nova York, quando meninas do Ensino Médio começaram a ter distúrbios inexplicáveis. Na época, a autora trabalhava a peça As bruxas de Salem, de Arthur Miller, na faculdade em que lecionava. As semelhanças entre os dois casos fizeram com que Howe intercalasse capítulos narrados por Colleen, em 2012, e Ann, uma das garotas suspeitas de estar envolvidas com feitiçaria, em 1706.
Com doses de suspense, história e inquietação adolescente, a autora constrói uma trama que cativa o leitor, criando uma atmosfera tensa e misteriosa. Ao mesmo tempo, Howe retrata com fidelidade o clima de extrema competitividade acadêmica e mostra como os sentimentos podem se revelar de maneiras misteriosas.

Adoro coisas diferentes e esse livro me surgiu como uma agradável novidade. A comparação dos eventos reais que ocorreram em Nova York com as famosas fogueiras que mataram mais de 20 pessoas originando o episódio das Bruxas de Salém foi feita com muito talento. Excelente livro! Mais um ótimo lançamento para este selo que começa a figurar como referencia YA no mercado nacional.



A Guerra dos Consoles - Blake J. Harris
Da mesma forma que outras grandes rivalidades modernas, como Coca-Cola versus Pepsi e Apple versus Microsoft, redefiniram cada competidor e reescreveram a história dessas empresas, o intenso combate entre Sega e Nintendo nos anos 1990 revelou o melhor e o pior de cada uma e mudou para sempre o mundo do entretenimento, fazendo nascer uma indústria mundial de 60 bilhões de dólares.
Na época a Nintendo praticamente monopolizava o mercado de video games, enquanto a Sega era apenas uma empresa instável de fliperamas. Tudo isso iria mudar com a chegada de Tom Kalinske, um ex-executivo da Mattel que podia não saber nada de jogos eletrônicos, mas era expert em travar batalhas impossíveis. Suas táticas arrojadas combinadas às ideias ousadas de seus funcionários transformaram a Sega por completo e a colocaram num patamar ameaçador para a hegemonia da Nintendo.
Tendo como base mais de duzentas entrevistas com antigos funcionários de ambas as empresas, Blake J. Harris revela os guerreiros, as estratégias e os diversos fronts de batalha da grande guerra entre esses colossos do entretenimento eletrônico. Passando por momentos-chave da história dos video games — como a criação do Sonic, os lançamentos dos consoles Mega Drive e Super Nintendo e a chegada do jogo Donkey Kong Country às lojas —, Harris retrata essa indústria de maneira inédita e recria com propriedade a energia e o sentimento de todos os nomes importantes da Sega e da Nintendo. Um verdadeiro thriller que mostra os bastidores de uma batalha épica pelo coração e pelo dinheiro de gamers do mundo inteiro e como tudo isso mudou e marcou definitivamente a cultura pop.

Escolhi esse livro simplesmente porque vivi essa época. A guerra era real, inclusive levando a diversas discussões sobre qual console era o melhor, muitas vezes originando pequenos episódios de trocas de tapas. Foi nessa época que descobrimos os jogos exclusivos e foi nessa época que os video-games se popularizaram em todo o país. Nintendo ou Mega-Drive? Uma história e negócios, mas também de games.


Titia Terrível - David Walliams
Stella Saxby tem 12 anos e é a única herdeira da Mansão Saxby. Mas a terrível tia Alberta e sua coruja gigante vão fazer de tudo para roubar a herança da menina. Elas só não imaginam que Stella conta com a ajuda de um fantasma e os dois juntos vão unir forças para enfrentar a tia e impedir que ela fique com o único bem de sua sobrinha.
Em Titia terrível David Walliams inova mais uma vez e leva o leitor até a década de 1930, para uma mansão rural remota onde vive Stella, uma menininha que não sabe que perdeu os pais num acidente de carro, pois passou meses dormindo depois disso. Ao acordar, ela vai precisar escapar das tramoias da tia, uma mulher malvada, que perdeu todo o seu dinheiro em jogos de tazo e anda sempre acompanhada de uma coruja mal-humorada.
Stella conta apenas com a ajuda de um fantasma que ronda a casa, mas vai se surpreender ao descobrir que, às vezes, o socorro pode vir justamente de onde menos se espera.

Um juvenil muito divertido e perfeito para uma leitura rápida. A história é meio batida, menina que herda muito dinheiro e é atormentada por sua tia feia, malvada e cruel. Mas batida ou não, continua muito divertida.



As Piores Invenções da História - Eric Chaline
“Eu não falhei. Apenas descobri dez mil soluções que não funcionavam.” – Thomas Edison, inventor
Durante muito tempo, acreditamos que a capacidade de produzir e utilizar ferramentas era o que nos distinguia dos animais. Hoje se sabe que várias outras espécies também são capazes de fazer isso, mas não resta dúvida de que o ser humano possui uma inventividade inigualável para descobrir novas maneiras de melhorar sua vida – e, às vezes, de destruí-la.
Você encontrará aqui as mais malfadadas invenções que o homem já foi capaz de criar. Algumas fracassaram comercialmente (como os veículos híbridos humano-elétricos), outras trouxeram consequências imprevistas e arruinaram milhares de vidas (como a talidomida e a heroína). Algumas mataram o próprio inventor (como o voo com propulsão humana), outras
dizimaram populações inteiras (como a bomba atômica). E há também aquelas que simplesmente não trouxeram benefício algum (como o fast-food e o refrigerante).
Apresentado em ordem cronológica, este livro lança luz sobre o trabalho de célebres cientistas como Leonardo da Vinci, bem como de dezenas de outros desconhecidos que, com a intenção de criar algo novo, acabaram causando sérios problemas para a humanidade.

Adorei esse livro. É uma passagem rápida pelas invenções mais interessantes que o ser humano foi capaz de imaginar. Sim elas deram errado, mas isso só as torna mais interessantes ainda. Há algumas que nos fazem pensar em como seria se tivesse dado certo. Outras nos levam a outro lugar no tempo, nos fazendo imaginar o que diabos passava na cabeça daqueles loucos. É um ótimo livro, excelente também para despertar o interesse dos mais jovens.


O Projeto Ascendant - Drew Chapman
Garrett Reilly, aos 26 anos, tem poucas preocupações na vida: fumar maconha, jogar videogame e ganhar muito dinheiro como o melhor funcionário de uma corretora de Wall Street. Ele tem uma habilidade especial: reconhece padrões onde pessoas comuns veem apenas o caos. E é assim que percebe uma torrente de títulos da dívida pública do governo dos Estados Unidos sendo oferecida de uma só vez no mercado, o que causaria a ruína da economia norte-americana... Mas isso pode representar algo ainda mais grave.
Há uma guerra sendo travada, e ninguém foi capaz de notá-la. Quedas nas bolsas de valores, enormes desvalorizações imobiliárias, caos e destruição em servidores do Google. Sem dúvida, um inimigo poderoso está por trás de todas essas ações. E, para combater essa ameaça, as Forças Armadas precisam de alguém diferente, alguém preparado para desafios mais complexos em tempos mais difíceis. Em meio a um mundo de incertezas, resta a grande dúvida: seria Garrett Reilly o homem certo para salvar os Estados Unidos?

Ficção? Check! Hacker? Check! Teorias de Conspiração? Check! Guerra Cibernética? Check! Corrida maluca para salvar o mundo? Check! Depois disso não preciso dizer mais nada. Corre lá, compra o seu exemplar e divirta-se.


A Garota Sem Nome - Marina Chapman
Em 1954, em um vilarejo remoto da América do Sul, uma menina de 4 anos foi sequestrada e abandonada no coração da floresta tropical colombiana. Sozinha e com medo, agarrou-se à única companhia que encontrara: um grupo de macacos que a acolheu em sua família. Em um relato comovente, Chapman revela os detalhes do período ao longo do qual foi pouco a pouco se tornando feroz. O que ela não sabia, no entanto, é que o seu maior teste de sobrevivência não seria na selva.
Depois de anos na floresta, Chapman, já com 10 anos, foi capturada por caçadores e devolvida à civilização. Vendida para um bordel, seria escravizada e espancada diariamente, até escapar – para viver a perigosa rotina de uma criança de rua, e depois a de prisioneira dentro da casa de uma família mafiosa colombiana. Mas havia uma esperança...

Essa história não é muito novo e confesso que eu era um dos que pensava ser mentira. O livro por si só não prova nada, mas joga uma nova luz sobre o que de fato aconteceu com a Colombiana que atesta ter sido criada por macacos. Verdade ou não, é um livro muito interessante.


Amazônia Indígena - Márcio Souza
Conheça a fundo a história e a situação atual da Amazônia e dos índios que vivem na região. Com a bagagem de mais de quarenta anos de dedicação à cultura amazonense, Márcio Souza encarregou-se da tarefa monumental de reunir a mais recente pesquisa sobre a Amazônia e os índios da região, derrubando falsas ideias construídas por décadas de desinformação. Em capítulos curtos, de leitura fácil mas repletos de informação, Amazônia indígena fala das culturas primitivas da Amazônia, passando pelos horrores do processo colonial e dos sucessivos genocídios de indígenas que ocorreram na história do Brasil, até as atuais polêmicas ambientais. Os índios foram – e ainda são – bravos resistentes diante do poderio econômico e bélico das multinacionais e da destruição da floresta. Essencial para repensar a relação do Brasil com seus habitantes mais antigos, Amazônia indígena é uma densa e empolgante obra sobre o gigantismo da cultura dos índios e uma intensa reflexão sobre os rumos que o território amazônico está tomando.

Finalizando nossa lista coloquei um pouco de politica no meio. Mas é uma politica do bem, ou ao menos que leva a uma reflexão do bem, afinal estamos falando de nossos índios, os primeiros habitantes destas terras e os que até hoje mais sofrem na mão do descaso e da crueldade dos empresários. Um relato necessário para abrir os olhos de nossa nação ao eterno problema que nunca encontra solução.

Ler é Mais

Lorem ipsun