ADs

Lançamentos de Setembro da Planeta

O que Aprendemos com Os Gatos - Paloma Díaz-Mas
Os gatos – pensa a autora deste livro – têm muito a nos ensinar, mas para isso é necessário que estejamos atentos e dispostos a aprender. São carinhosos, mas jamais submissos, e por isso nos ensinam a pactuar nossa convivência a cada dia; são crédulos, mas só quando sabemos conquistá-los aos poucos, exercitando a virtude da paciência; são domésticos e independentes, como feras aclimatadas ao nosso habitat.
Achamos que são indefesos, mas, na realidade, são muito mais preparados para sobreviver do que a gente. Sob sua pele sedosa se ocultam garras de fera e um corpo atlético invejável. E, quando os vemos brincar, exibindo sua magnífica forma física, ou dormir placidamente em nossa poltrona favorita (sim, essa poltrona onde os gatos nunca nos deixam se sentar) invejamos também sua capacidade de viver intensamente esse instante; sem se atormentar, como nós fazemos, com um passado que não existe mais e um futuro que talvez não chegue.

Conversando Sobre Economia com a Minha Filha - Yanis Varoufakis
Conversando sobre economia com a minha filha, escrito pelo economista grego Yanis Varoufákis, tem o principal objetivo de levar ao público jovem um texto sobre economia esclarecedor e que aproxime os adolescentes desse tema tão central e importante na sociedade.
Os leitores poderão utilizar este livro para ver com outros olhos o colapso recente da economia social no mundo, assim como as razões pelas quais aqueles que detêm o poder se recusam obstinadamente a tomar as decisões que conduziriam à salvação das nossas sociedades na Grécia, na Europa e em todo o mundo.
Com uma linguagem clara, com termos acessíveis e sem rodeios, Varoufákis busca mostrar aos adolescentes as grandes questões da economia social e como é importante saber, desde cedo, as repercussões que elas geram ao mundo todo.

Eu Fui a Espiã que Amou o Comandante - Marita Lorenz
Poucas pessoas podem dizer que viram passar diante de seus olhos uma parte fundamental da história do século XX. E não como meros espectadores dos fatos, mas quase devorados por eles. Ilona Marita Lorenz é uma delas. Nasceu na Alemanha em 1939, às vésperas da invasão da Polônia. Seu pai, alemão, era capitão de navio; sua mãe, americana, havia sido atriz.
Quando menina estev no campo de concentração de Bergen-Belsen. Logo depois do fim da guerra, aos sete anos, foi vítima de estupro. Nos anos seguintes, embarcava com frequência em viagens capitaneadas pelo pai. Em 1959, chegou à Havana revolucionária a bordo do Berlin. Um grupo de barbudos, encabeçado por Fidel Castro, subiu no navio.
A atração foi imediata e rapidamente se mostraria fatal. Uma semana depois, o comandante mandava buscá-la em Nova York e a convertia em sua amante. Ela tinha dezenove anos. Logo descobriu-se grávida, mas foi submetida a uma intervenção e o bebê não chegou a nascer... Ou, pelo menos, foi o que lhe disseram. A CIA convenceu Marita de que Fidel era o responsável pelo ocorrido e a enviou de volta a Havana com a missão de assassiná-lo. Mas ela foi incapaz continuava apaixonada.
De volta a Miami, conheceu o ex-ditador venezuelano Marcos Pérez Jiménez, outro envolvimento que teria sérias implicações. Tudo isso já parece suficiente para preencher duas vidas, mas ainda há mais.
A trajetória de Marita tem luzes e sombras. Mas, sobretudo, é uma história sobre amar e correr riscos.

Estou Bem - J.J.Benitez
O incansável e curioso escritor espanhol J.J. Benítez relata, a partir de suas pesquisas e experiências envolvendo o mundo dos mortos neste seu 57º. livro, Estou Bem.
Ao todo, ele reproduz, em textos curtos, testemunhos de pessoas que entraram em contato, de alguma maneira, com algum ente querido ou conhecido que se foi. Ilustrando as histórias, fotos, esquemas, mapas e croquis ajudam na compreensão dos relatos.
Enganam-se aqueles que encaram a temática como um thriller arrepiante e mórbido. Segundo o autor, quem tem medo da morte precisa ler este livro justamente para desfazer essa impressão. Ainda, conforme o jornalista e escritor, os conceitos de vivo e morto e a linha que divisa esse dois mundos precisam ser revisados.

A Maleta da sra. Sinclair - Louise Walters
Roberta, uma solitária leitora voraz de 34 anos, trabalha na livraria The Old and New na Inglaterra. Ao encontrar uma carta dentro da uma velha mala desgastada da avó que nunca conheceu, ela descobre um segredo sombrio, e tudo o que sabia sobre a sua família irá desmoronar.
Intercalando com a narrativa de Roberta, está a de sua avó, Dorothy, uma mulher de 40 anos, sem filhos, desesperada para engravidar, mas que vive um casamento infeliz com Albert, que está em um campo de batalha na Segunda Guerra Mundial. Após um encontro casual com um piloto de guerra polonês, Dorothy acredita que finalmente encontrou a felicidade, mas, ao contrário, terá que tomar uma decisão inimaginável, cujas consequências irão alterar para sempre a estrutura de sua família.
As histórias paralelas de Roberta e Dorothy desenrolam-se durante um período de oitenta anos, enquanto as duas buscam seu próprio caminho em meio a segredos, sacrifícios, mentiras e amor. O livro é uma história mágica de dois mundos, um abalado por segredos e o outro pela verdade.

Beije-me Onde o Sol Não Alcança - Mary del Priore
Um conde russo, a herdeira de um barão do café do Vale do Paraíba e uma exescrava. Unindo as pontas do triângulo, paixões, tragédias, a moral hipócrita de uma época, grandes fortunas, falências, derrocadas... Neste romance que parte de fatos e personagens verídicos, Mary del Priore cria uma narrativa que prende o leitor desde a primeira página.
O olhar da historiadora faz um retrato vivo do tempo e dos acontecimentos que o marcaram, mas é a história de amor de Maurice Haritoff, Nicota Breves e Regina Angelorum (nomes reais que parecem inventados) que nos arrebata. Com descrições de uma riqueza impressionante, Mary del Priore nos faz mergulhar na narrativa, nos carrega para dentro da história.
Sentimos os cheiros, ouvimos os sons, vemos pelas frestas dos casarões um mundo onde convivem dramas, angústias, ambição, sensualidade, opressão feminina e religiosidade. Somos levados, ou nos deixamos levar. Difícil é voltar da viagem quando o livro acaba.

Bom dia, Princesa! - Blue Jeans
Eles se conheceram há dois anos, quando mais precisavam de apoio, e formaram o CLUBE DOS INCOMPREENDIDOS. No entanto, algo mudou e agora já não sabem se podem contar uns com os outros.
Valéria não sabe se, ao se deixar levar pelos seus sentimentos, pode trair sua melhor amiga; Bruno escreve cartas de amor que não dão resultado; Maria é o patinho feio que busca o seu lugar; Elisabete não está acostumada a ouvir “não”; Raul não quer se equivocar desta vez; e Ester gostaria de gritar o seu amor aos quatro ventos. Amores transbordantes, dúvidas existenciais, segredos inconfessáveis e muita, muita diversão.

A Cabala da Casa - Sandra Strauss
A Cabala é uma sabedoria de 5775 anos que desvenda códigos e sinais para viver em sintonia fina com o dia a dia. Já foi tema de inúmeros livros, que abordam sua relação com diferentes campos do conhecimento.
Em A Cabala da Casa, a terapeuta de ambientes Sandra Strauss apresenta os passos para uma inovadora aplicação dessa filosofia na harmonização de residências ou escritórios. Fruto de 15 anos de estudos, o livro mostra com simplicidade como aplicar a Árvore da Vida e as Letras hebraicas que vem em forma de adesivos para que o leitor possa testar o método em sua própria casa.
E assim potencializar suas virtudes e valores, reprogramando energicamente a morada interior.

Amor Entre Guerras - Marianne Nishihata
Tomiyo Yamada viu a carioca Ilma pela primeira vez na estação de trem de Mogi das Cruzes, numa tarde ensolarada de dezembro de 1940. O que mais lhe chamou atenção foram seus cachos quase loiros, embalados pelo vento. Ilma, por sua vez, tinha paixão por homens de olhos puxados. Mas, recatada e religiosa, não deu muita bola para os olhares instigantes daquele desconhecido bem apessoado.
Alguns dias se passaram e eles se reencontraram na Missa do Galo, e, a partir daí, foram muitos encontros e desencontros na pequena cidade do interior de São Paulo. O destino dos dois já havia sido selado e nem mesmo uma tenebrosa guerra foi capaz de arrefecer a paixão que nasceu na plataforma daquela estação. Nem mesmo a morte.
Esta poderia ser a sinopse de um filme de Hollywood, no entanto é a história real do japonês Tomiyo Yamada, um soldado da FEB, e da carioca Ilma Faria, separados pelo ciúme, pelas diferenças raciais e, por fim, pelo horror da Segunda Guerra Mundial. Mas o amor tudo vence.

50 Ideias de Física Quântica que Você Precisa Conhecer - Janne Baker
A história da física quântica é tão recheada de reviravoltas quanto de fenômenos estranhos. Ao longo do último século, uma série de personagens vívidos – de Albert Einstein a Richard Feynman – tentou resolver o quebra-cabeça do interior dos átomos e das forças da natureza. Mas mesmo a imaginação fértil deles foi superada pela física. O mundo quântico opera de acordo com a física do minúsculo. Mas fenômenos subatômicos não possuem a regularidade de um relógio, e com frequência são desconcertantes.
Em 50 ideias de Física Quântica a autora Joanne Baker explica de maneira acessível que a física quântica não é intuitiva – o mundo subatômico se comporta de modo bem diferente do mundo clássico com o qual estamos familiarizados. E a melhor maneira de entendê-la é seguindo o caminho de seu desenvolvimento: encarando os mesmos quebra-cabeças contra os quais os pioneiros da teoria lutaram.

Ler é Mais

Lorem ipsun