ADs

Melhores Lançamentos de Junho de 2015

Nossa listinha com os melhores lançamentos de Junho já está no ar. Selecionamos livros para todos os gostos e estilos literários. Temos escolhas para o pessoal politizado, para as moças que curtem um bom romance, para os adolescentes, para quem curte uma leitura mais série e para os fãs de terror e histórias mais sinistras.

Lembrando que as escolhas foram baseadas em nossa percepção e no que ouvimos de nossos colegas da blogsfera literária. Espero que gostem e caso já tenha lido algum, deixe seu comentário...

Pare de Acreditar no Governo - Bruno Garschagen
Por qual razão nós brasileiros, apesar de não confiarmos nos políticos, a quem dedicamos insultos dos mais criativos e variados, pedimos que o governo intervenha sempre que surgem problemas? Por que vamos para as ruas protestar contra os políticos e ao mesmo tempo pedir mais Estado – como se este não fosse gerido pelos... políticos? Por que odiamos os políticos e amamos o Estado? Por que chegamos à condição de depender do Estado para quase tudo?
Bruno Garschagen busca entender como se formou historicamente no Brasil a ideia de que cabe ao governo resolver todos ou a maioria dos problemas sociais, políticos e econômicos. De Dom João VI a Dilma Rousseff, um compromisso inabalável uniu todos os governantes, inclusive aqueles chamados (erradamente, segundo o autor) de liberais ou neoliberais: a preservação do Estado monumental e mesmo o seu crescimento. Por quê?
Para responder a esse conjunto de questões, o autor vasculha a história política do Brasil desde que os portugueses aqui chegaram até os dias de hoje. Com texto brilhante, leve, bem-humorado e informativo, recorrendo também às explicações de pensadores brasileiros e portugueses, tece uma espécie de conversa entre os intelectuais que refletiram sobre a cultura política do Brasil para narrar a história de um país cuja formação cultural se confunde com a onipresença da burocracia nacional.
Um livro obrigatório para conhecer o Brasil e nosso cenário politico. Compreender que a culpa não é do governo e esse também não é responsável pela nossa felicidade. A culpa na verdade é nossa!

Por Trás da Máscara - Flavio Morgenstern
Neste notável e corajoso livro de estreia, desde já leitura obrigatória para o entendimento do Brasil, Flavio Morgenstern cumpre o que o título promete: desnuda sem dó, mais do que as “jornadas de junho” de 2013 em si, o espírito da insurreição e o cenário e os interesses que a incubaram.
Valendo-se de sua consistente cultura política, sólida noção de tempo histórico, leitura (e releitura) arguta do noticiário, memória incorruptível, prosa abundante e humor desconcertante, o autor investiga e destrincha – com técnica original e abordagem inédita – aquela imensa onda de manifestações, tão imediatamente comprada como histórica quanto ainda hoje incompreendida.
Já que estamos conhecendo melhor a política brasileira, aproveite para ler também Por Trás da Máscara, que destrincha os protestos que maracaram o Brasil e ainda marcam desde 2013 lançando uma nova luz sobre as motivações por trás de cada protestante.

Waterloo - Bernard Cornwell
Em seu primeiro trabalho de não ficção, Bernard Cornwell combina suas habilidades narrativas com uma pesquisa histórica meticulosamente construída para apresentar a descrição de cada momento dramático da batalha de Waterloo, desde a fuga de Napoleão de Elba até o resultado da matança nos campos de batalha. Por meio de trechos de cartas e diários do imperador Napoleão, do duque de Wellington e de soldados e oficiais comuns, Cornwell dá vida à sensação de como foi travar as famosas batalhas. Sua riqueza de detalhes e relatos pormenorizados dos confrontos esclarecem as idas e vindas desses quatro dias. É uma história de decisões-chave e momentos de incrível bravura de ambos os lados, que mantiveram indeterminado o resultado final até o derradeiro embate.
Publicado para coincidir com o bicentenário do confronto, Waterloo é uma história tensa e emocionante de heroísmo e tragédia, e da batalha final que determinou o destino da Europa.
Bernard Cornwell é sinônimo de qualidade devido ao prestigio alcançado em seus romances históricos extremamente ricos em fatos reais adaptados a ficção. Quando um gênio como ele resolve lançar um livro de não-ficção sobre uma das batalhas mais emblemáticas da humanidade, não podemos deixar de prestar atenção.

No Sufoco - Chuck Palahniuk
Victor Mancini concebeu um golpe complexo para pagar as contas na casa de repouso da mãe: vá a um restaurante grã-fino, finja que se engasga comendo e deixe uma pessoa "salvá-lo"; ela vai sentir-se responsável por você, até financeiramente, pelo resto da vida. Multiplique isso umas cem vezes que os cheques vão chegar pelo correio em fluxo constante. Victor também trabalha num parque temático com um bando de figuras medíocres, ronda grupos de viciados em sexo para curtir as viciadas e visita a mãe convalescente, cujo Alzheimer esconde um segredo fantástico sobre sua concepção.
Escrito pelo mesmo autor de Clube da Luta, esse livro é tão chocante ou de certa forma bizarro quanto. Vale a pena ler para mudar um pouco os ares e se surpreender por uma escrita fria e realista do que o ser humano tem de mais estranho e cruel.

A Traição de Natalie Hargrove - Lauren Kate
O livro de estreia da autora da série Fallen A traição de Natalie Hargrove é um drama contemporâneo, inspirado no clássico de Shakespeare, Macbeth. Natalie mataria por uma chance de ser coroada a rainha do baile de Palmetto High. Mas Mike King, seu namorado, não parece tão empolgado para ser rei, e pode perder essa honra para o maior inimigo de Natalie, o irritante Justin Balmer. Determinada a impedir que isso aconteça, ela tem uma ideia de um trote perfeito para colocar Justin em seu devido lugar, e convence Mike a ajudá-la. Aproveitando que Justin estava bêbado e vestido de mulher após uma festa à fantasia, eles o amarram inconsciente no presépio da igreja. Tudo parece muito engraçado, até a manhã seguinte, quando percebem que Justin está morto. E a partir daí, eles se envolvem numa perigosa trama para esconder seu segredo.
Lauren Kate fez muito sucesso com a série Fallen, porém sua carreira começou com este livro. Particularmente gostei da série, apesar de achar uma cópia de Crepúsculo e goto do estilo de escrita da autora. Vale a pena conhecer sua escrita em um modelo totalmente diferente.

Pablo Escobar - Meu Pai - Juan Pablo Escobar
Até a publicação desta obra, acreditávamos que tudo já havia sido dito sobre Pablo Escobar, um
dos piores criminosos da história da América Latina. Mas os muitos relatos disponíveis sobre ele foram contados por alguém de fora, nunca a partir da intimidade do lar. Mais de vinte anos depois da morte do chefe do Cartel de Medellín, Juan Pablo Escobar viaja em direção a um passado que não escolheu a fim de mostrar um lado inédito de seu pai, o homem capaz de chegar aos piores extremos de crueldade, ao mesmo tempo em que professava amor infinito por sua família. Este não é um livro de um filho que busca a redenção para seu pai, mas um relato estremecedor das consequências da violência.
A biografia do traficante mais famoso da história, escrita por seu filho em um relato emocionante, contraditório, realista e cruel. De forma objetiva, Juan Pablo Escobar no apresenta Pablo Escobar como um ser cruel e perigoso sim, mas também como alguem que amava sua familia e podia se mostrar um ser humano normal.

Cidade Banida - Ricardo Ragazzo
No futuro, a Terra foi assolada por inúmeras guerras, o que dizimou 99% da população humana e transformou sua vida ani­mal e vegetal. Boa parte dos seres humanos acabou confinada dentro dos muros de Prima Capitale, regida pelas draconianas regras do Supremo Decano. Por causa da rigidez do governo, todos os bebês nascidos no lugar precisam passar pelo crivo dos chamados cognitos, seres com poderes psíquicos capazes de prever o futuro. Caso, nesta visão, seja revelado que o novo cidadão cometerá um crime, sua sentença é a morte.
Seppi Devone foi um desses bebês vetados. No entanto, sua mãe, Appia, consegue fugir com ela, livrando-a da cruel senten­ça. Elas vivem incógnitas numa comunidade no meio da mata e Appia cria sua filha como um garoto.
Mas, quando Seppi completa 15 anos, o destino bate à sua por­ta e a garota terá de enfrentá-lo. Afinal, a adolescente é a única esperança que muitos oprimidos têm de se livrar do mal a que são submetidos pelo Supremo Decano. Irá ela abraçar essa sua missão?
Nada como uma boa ficção futurista para animar o dia de qualquer leitor. O livro segue a receita de bolo dos livros do gênero mas no final a história é muito bacana. Vale a pena principalmente se ainda não conhece o trabalho desse excelente autor nacional.

Esperança - Mary Jordan
Os fatos chocantes por trás do sequestro de três garotas na cidade de Cleveland Ariel Castro, um motorista de ônibus escolar, enganou Amanda, Gina DeJesus e Michelle Knight para que entrassem em sua casa, onde as manteve acorrentadas por anos. Ao longo da década seguinte, as garotas sofreram abusos sexuais e psicológicos e foram ameaçadas de morte. Em Esperança, Amanda Berry e Gina DeJesus descrevem uma história de tormenta inimaginável com base em suas memórias e no diário mantido por Amanda. Com a ajuda dos premiados repórteres Mary Jordan e Kevin Sullivan, elas narram a história completa por trás das manchetes – incluindo detalhes nunca antes revelados sobre a vida e motivações de Castro –; um relato assombroso, mas inspirador, de duas mulheres cuja coragem, inocência e fé permitiram que sobrevivessem e voltassem para suas famílias.
Um relato chocante feito pelas sobreviventets do sequestro de três garotas que ficaram no cárcere por uma década e sofreram todos os tipos de trauma psicologo que um ser humano é capaz de aguentar. Esse livro é impressionante.

O Caminho Estreito para Os Confins do Norte - Richard Flanagan
Aclamado com o Man Booker Prize 2014, um dos mais prestigiosos prêmios literários do mundo, e considerado um dos melhores livros de 2014 por jornais como Guardian, Financial Times e The Washington Post, O caminho estreito para os confins do norte, de Richard Flanagan, é lançado no Brasil pela Biblioteca Azul.
O romance narra a história de Dorrigo Evans, um jovem que vai para Melbourne estudar medicina e se alista no exército. Capturado pelo exército japonês, é obrigado a trabalhar na construção da Estrada de ferro de Thai-Bhurma, também conhecida como a Ferrovia da Morte.
A narrativa não linear alterna o presente, no qual Evans é um cirurgião estabelecido assombrado pelas lembranças da guerra, e passado, quando viveu uma história de amor que marcou sua vida. O médico, que parecia ter um futuro promissor e um relacionamento sério com sua namorada Ella, tem sua vida transformada ao se apaixonar pela misteriosa Amy, a esposa de seu tio.
O livro mistura elementos históricos e ficção. O relato da guerra é inspirado na vida do pai do autor, um dos sobreviventes dos trabalhos forçados na “Linha”. Idealizada pelo Império japonês para dar suporte às tropas na campanha da Birmânia, a ferrovia tem 415 km de extensão e mais de 14 mil homens morreram durante a construção.
Este livro foi ganhador do Mans Book Prize de 2014 e consagrou de vez Richard Flanagan. Acredito que receber um premio importante como esse já classifica a obra a estar em nossa lista de indicações.

Sonhos em Tempos de Guerra - Ngugi wa thiong'o
Um das principais vozes da literatura africana contemporânea e frequentemente cotado para receber o Prêmio Nobel de Literatura, Ngũgĩ wa Thiong'o revisita sua infância em Sonhos em tempo de guerra, primeiro volume de suas memórias. O escritor nasceu em 1938, em uma região rural do Quênia, durante a ocupação britânica. Seu pai era polígamo e a família, formada por quatro esposas e 24 filhos, era uma comunidade que experimentava as diversas mudanças provocadas pelo colonialismo.
Thiong'o mistura brincadeiras infantis e reflexões sobre o cenário político, como o hábito de contar histórias nas cabanas das mulheres de seu pai, a curiosidade de ouvir a experiência de um irmão que participou da Segunda Guerra Mundial, as brincadeiras com os filhos de donos de terra, e como essas relações mudam quando Thiong'o e seus irmãos passam a trabalhar nos campos. Com sutileza, o escritor compõe um cenário em transformação. Os cultivos tradicionais são substituídos pela produção escolhida pelos colonizadores, homens brancos aparecem nas plantações e crianças mestiças começam a nascer, mudando a composição das famílias.
Sonhos em tempo de guerra também explora a descoberta da paixão de Thiong'o pelas histórias, pelas palavras e o momento em que ele se dá conta de sua sede de aprender. Frequentar a escola pode ser algo sacrificante, que exige longas caminhadas e impõe a sensação constante de fome, mas que lhe oferece a oportunidade de aprender a ler, o que lhe permite conhecer muitas mais histórias.
Com um texto leve e envolvente, Thiong’o recorda momentos de descoberta infantil, como a primeira vez em que esteve em uma cidade e seu desejo de viajar de trem pela primeira vez. Suas observações se misturam com as lembranças de ataques da rebelião Mau Mau, que desafiou o domínio inglês defendendo a independência do Quênia.
O escritor tem uma visão complexa do impacto do colonialismo nos países africanos que se reflete em sua ficção. As memórias de Ngũgĩ wa Thiong'o são essenciais para compreender a formação do escritor e a postura crítica presente em sua ficção.
Uma ótima pedida para conhecer uma literatura forte e expressiva como a africana. Além disso o autor é cotado para receber o prêmio nobel de literatura devido ao seu talento.

Os Dois Mundos de Astrid Jones - A. S. King
“O movimento é impossível.” É o que Astrid Jones, 17 anos, aprendeu na sua aula de filosofia. E, vivendo na pequena cidade em que mora, ela começa a acreditar que isso é mesmo verdade. São sempre as mesmas pessoas, as mesmas fofocas, a mesma visão de mundo limitada, como se estivessem todos presos em uma caverna, nunca enxergando nada além.
Nesse ambiente, ela não tem com quem desabafar suas angústias, e por isso deita-se em seu jardim, olha os aviões no céu, e expõe suas dúvidas mais secretas aos passageiros, já que eles nunca irão julgá-la. Em seu conflito solitário, ela se vê dividida entre dois mundos: um em que é livre para ser quem é de verdade e dar vazão ao que vai em seu íntimo, e outro em que precisa se enquadrar desconfortavelmente em convenções sociais.
Em um retrato original de uma garota que luta para se libertar de definições ultrapassadas, este livro leva os leitores a questionarem tudo e oferece esperança para aqueles que nunca deixarão de buscar o significado do amor verdadeiro.
Escolha teen da nossa lista, esse livro ajuda na reflexão sobre a definição de nosso caráter e nosso perfil social durante a fase em que finalmente começamos a questionar o que é visto como certo e queremos impor nossas vontades. A forma como a personagem expoe suas dores é muito interessante e um dos pontos altos do livro.

Mikaela, O Desencontro - Marcella Brafman
Mikaela é uma jovem jornalista de Belo Horizonte que se muda para São Paulo para ser repórter na revista em que sempre sonhou trabalhar. Assim que chega à cidade, ela é recepcionada por Felipe, um amigo por quem ela nutre um sentimento maior do que amizade. Entre encontros e desencontros com Felipe, Mikaela vai descobrindo a cidade de São Paulo, à medida que amadurece profissionalmente e aprende a lidar com amizade, amor e sexo em tempos de relações superficiais.
Uma comédia romantica deliciosa e ambienta em nossas terras. Acompanha o drama diário de Mikalea enquanto descobre, ou redescobre São Paulo.

Beleza Perdida - Amy Harmon
Ambrose Young é lindo - alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose... até tudo na vida dele mudar. Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas - perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido. Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós.
Uma releitura de a Bela e a Fera lindamente adaptada ao cotidiano. Como diz a sinopse, este é um livro sobre perda e sofrimento, mas também sobre o renascimento de um homem e do amor.

Minha Sexlist - Joanna Bolouri
Esqueça a tradicional lista com resoluções de início de ano do tipo parar de fumar, entrar na academia, arrumar um novo emprego e embarque com Phoebe Henderson num desafio bem mais ousado e original. Depois de flagrar o ex com outra, a protagonista de Minha sexlist inova em suas promessas de ano novo e estabelece a meta de realizar dez desafios sexuais em um ano. Entre tentativas e erros envolvendo desde o bonitão do escritório ao melhor amigo, Phoebe percebe, do alto de seus 32 anos, que pôr o plano em prática não é das tarefas mais fáceis, e registra suas descobertas, alegrias e frustrações nessa espécie de diário sexy franco e bem-humorado.
Muito divertido acompanhar a Phoebe tentando cumprir suas metas que envolvem coisas um tanto quanto diferentes, e talvez bizarras para se vingar do ex que a traiu e ao mesmo tempo se redescobrir.

O Enigma do Pássaro de Fogo - H. L. Dennis
Brodie Bray sempre se sentiu um pouco deslocada, até que um convite com uma mensagem cifrada chega pelo correio. Escolhida para participar de uma equipe de decifradores desafiada a desvendar o ancestral e enigmático Manuscrito Voynich, a garota vai para uma nova escola e ganha novos amigos. Mas também se vê envolvida numa trama de mistério e perigos, afinal, há alguém capaz de tudo para impedir que Brodie e seus amigos decifrem o código. O enigma do pássaro de fogo é o primeiro livro da serie Decifradores, da britânica H. L. Dennis. Repleto de ação e segredos, o romance é perfeito para aqueles que gostam de desafiar a lógica, tanto quanto a imaginação. Uma estreia arrebatadora para uma série que veio para ficar.
 Estreia de séria nova é sempre um motivo para comemorar. Se a série é de fantasia, o motivo fica ainda melhor.

Galveston - Nic Pizzolatto
No mesmo dia em que é diagnosticado com uma doença terminal, Roy Cady pressente que o chefe, um agiota e dono de bar que é o mandachuva em Nova Orleans, quer vê-lo morto. Conhecido entre os membros da gangue pelo nada afetuoso apelido de Big Country, por causa do cabelo comprido e das botas de caubói, Roy desconfia de que o serviço de rotina para o qual foi enviado possa ser uma emboscada. E de fato é. Mas consegue inverter os papéis e, após um banho de sangue, escapa ileso. Além de Roy, só há mais uma pessoa viva no local, uma mulher, e num ato impensado ele aponta uma arma para a cabeça dela e a leva consigo na fuga em direção à cidade de Galveston - uma decisão imprudente e sem volta. A mulher, uma prostituta de 18 anos chamada Rocky, é jovem demais, durona demais, sexy demais - e certamente trará para Roy problemas demais. Alternando passado e presente com fluidez e inteligência, Galveston é um romance brutal e envolvente. Uma narrativa ágil, permeada de diálogos marcantes e construída com o máximo de tensão, prova do inegável talento literário de Nic Pizzolatto.
Diferente, escrito em ritmo frenético e de forma muito inteligente este livro vai fazer você ler por horas, é quase impossível parar de ler.

Em Busca de Abrigo - Jojo Moyes
Na noite da Coroação da Rainha Elizabeth II, em 1953, a comunidade de expatriados de Hong Kong se reúne para celebrar o evento com uma festa. Enquanto os convidados tentam ouvir a cerimônia em um rádio antigo, Joy, uma jovem de 21 anos, se apaixona. Menos de vinte e quatro horas depois da festa, ela já está prometida em noivado ao rapaz, mas só tornará a se encontrar com o noivo um ano depois. Em 1980, um ato de rebeldia faz Kate, aos 18 anos, fugir do Condado de Wexford, na Irlanda, com sua filha ilegítima. Quinze anos mais tarde, Sabine deixa Hackney, o elegante bairro onde mora, em Londres, para visitar os avós que jamais conheceu e descobre que Wexford parece ter parado no tempo. Quando Sabine, sua mãe e sua avó voltam a se encontrar, um segredo de família cuidadosamente guardado é descoberto, bem como algumas verdades importantíssimas: o conflito entre o amor e o dever, as escolhas que as mulheres são obrigadas a fazer e o relacionamento entre mães e filhas. " Livro elogiado por autoras veteranas como Rosamunde Pilcher e Anne Rivers Siddons. " "A verdadeira sucessora de Rosamunde Pilcher e Maeve Binchy", segundo a Publishers Weekly. " Primeiro dos três relançamentos da autora com nova arte de capa - os próximos serão A Casa das Marés e Baía da Esperança. " Livro de estreia da autora vencedora do prêmio RNA (Romantic Novelists´ Association, 2003) com A Casa das Marés.
Reedição do primeiro romance da premiada aturoa Jojo Moyes, o livr foi tratado como uma grande promessa para o gênero de romances e Jojo Moyes se provou uma grande escritora com o tempo. Este livro é excelente e merece a leitura.

Leviatempo - Maxime Chattam
Um dos 10 autores de maior sucesso na França, com 500 mil exemplares vendidos por ano Na Paris da Belle Époque, Guy de Timée é um romancista de sucesso vivendo o drama da página em branco. A fim de encontrar inspiração para escrever um romance noir, ele sai de casa, deixando mulher e filha, e se aloja no sótão de um bordel no coração da cidade. O Boudoir de soi é uma casa respeitável, frequentada pela alta burguesia parisiense, e Guy logo se torna amigo das residentes do local. Uma noite, uma das jovens prostitutas é encontrada morta ao lado do bordel; horrivelmente curvada, transpirando sangue e com os olhos completamente negros. Auxiliado pela cortesã Faustine e pelo complexado inspetor Perotti, Guy assume uma violenta e sangrenta investigação que leva a outros assassinatos e corpos encontrados em condições semelhantes. Seria obra do Diabo? Qual o propósito sombrio desse assassino de mulheres? Dos círculos esotéricos da Cidade Luz às maravilhas arquitetônicas da Exposição Universal de 1900, Leviatempo é um romance surpreendente no qual o protagonista, ao tentar seguir os passos de Arthur Conan Doyle, acaba se tornando, ele próprio, uma espécie de Sherlock Holmes.
Um romance policial com pitadas de Thriller que contém tudo o que o gênero tem de melhor a oferecer. Além disso aproveite para conhecer Paris em seu auge, com toda a libertinagem e boemia.

Social Killers – R.J.Parker
Amigos Virtuais, Assassinos Reais é um livro assustadoramente verdadeiro. Seus autores, RJ Parker e JJ Slate, reúnem alguns dos casos mais angustiantes de criminosos que usaram as redes sociais para se aproximar de suas vítimas. Stalkers, predadores sexuais, assassinos, canibais, torturadores. A lista, infelizmente, não é pequena. E novas solicitações de amizade continuam chegando a cada dia.
Parker e Slate deixam claro que esse não é um fenômeno novo. Muito antes da internet, criminosos usavam classificados de jornal para descobrir e atrair suas presas. Mas o anonimato da web permite que cada vez mais lobos usem roupas de cordeiro nas suas fotos de perfil.
Mas existe luz no fim do túnel. Analisando mais de trinta casos famosos, os autores demonstram como as forças da lei estão usando, com sucesso, as novas ferramentas de comunicação para investigar e prender foras da lei e desmantelar quadrilhas. E ainda ensinam dicas de segurança. Social Killers – Amigos Virtuais, Assassinos Reais é um alerta para todos nós, que passamos tanto tempo conectados.
Um livro em formato um pouco parecido com documentario, que trata de crimes ciberneticos que sairam da telinha do computador e causaram dor e destruição no seio de familias comums e inocentes. Não é leitura para qualquer um, mas para quem gota é um livro excelente.

Eu Estive Aqui - Gayle Forman
Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal? A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos. Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... e de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida. Eu estive aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.
Ok, esse foi escolhido somente pelo sucesso que a autora conseguiu com Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi. Gayle formam se mostrou uma grande escritora então apostamos que Eu Estive Aqui também  se mostrará uma leitura agradável.

O Que Eu Quero pra Mim - Lycia Barros
Alice é independente, bem-sucedida profissionalmente e muito ambiciosa. Além do sucesso no trabalho, tem um namorado que é o sonho de qualquer mulher: lindo, apaixonado, louco para se casar e ter filhos. Mas ela não é qualquer mulher, e acha que a carreira vem antes de tudo. Então, quando Casseano a coloca contra a parede e exige mais espaço em sua vida, os dois entram em um impasse e acabam se separando. Em poucos dias, Alice sente que o fim do relacionamento está sendo mais duro do que esperava. Para piorar, o trabalho entra em crise e sua sócia, preocupada com a saúde da amiga, a obriga a se afastar por um tempo. As férias a ajudarão a arejar a cabeça e voltar mais produtiva. Com tudo dando errado ao mesmo tempo, Alice aceita a sugestão e compra uma passagem para Londres. Chegando lá, mergulha numa profunda jornada de autodescobrimento e percebe o que realmente importa para ela. O que eu quero pra mim é um romance inspirador, que fala sobre a importância de conhecer a si mesmo e descobrir as próprias necessidades antes de trilhar de forma plena o caminho do amor.
Tem gente que acha clichê essa história de redescobrir a si mesmo mas são pessoas que insistem em não perceber como essa é uma tarefa dificil. Em O Que Eu Quero Para Mim vamos acompanhar a protagonista nessa descoberta do Eu, tão necessária e tão ausente nas pessoas hoje em dia.

Ler é Mais

Lorem ipsun