ADs

Lançamentos de Março da Record


A Fazenda - Tom Rob Smith
Até o momento em que ele recebeu um telefonema desesperado de seu pai, Daniel acreditava que seus pais estavam indo para uma aposentadoria tranquila, bem merecida. Eles venderam sua casa de negócios em Londres e disseram "adeus para a Inglaterra" com uma festa alegre onde todos os seus amigos se reuniram para desejar-lhes bem para a grande aventura: sair para começar uma nova vida sem um controle remoto, numa fazenda bucólica na zona rural Suécia. Mas, com um telefonema, tudo muda. "Sua mãe não está bem" seu pai lhe diz., "Ela está imaginando coisas - terríveis, coisas terríveis. Ela teve um surto psicótico e foi internada em um hospital mental". Daniel se prepara para correr para a Suécia, no primeiro voo disponível para o dia seguinte. Antes que ele possa embarcar no avião, seu pai contatá-lo novamente com uma notícia mais assustadora: sua mãe foi liberada do hospital, e ele não sabe onde ela está. Em seguida , ele ouve de sua mãe: "Tenho certeza que seu pai falou com você. Tudo o que o homem lhe disse é uma mentira. Eu não sou louca. Eu não preciso de um médico. Preciso da polícia. Estou prestes a embarcar em um voo para Londres. Encontre-me no aeroporto de Heathrow". Pego entre seus pais, e não tem certeza de quem acreditar ou em quem confiar, Daniel torna-se juiz e o júri disposto de sua mãe quando ela diz-lhe um conto urgente de segredos, de mentiras, de um crime horrível e uma conspiração que implica o próprio pai.

Sua Última Duquesa - Gabrielle Kimm
Seduzida pelo sol ardente e pelas paixões ofuscantes da Itália Renascentista, a jovem Lucrécia de Medici, de 16 anos, vê uma vida dourada estendendo-se à sua frente. Seu marido muito rico escolheu-a como esposa, e o grande castelo dele em Ferrara vai ser o seu playground. Mas Alfonso d’Este, Duque de Ferrara, rapidamente se mostra tão perigoso e misterioso quanto é moreno e bonito, e as paredes de pedra do castelo parecem fechar-se em volta de Lucrécia como os muros de uma prisão. Apenas a amante do duque, Francesca, parece capaz de domar sua fúria crescente, enquanto sua necessidade desesperada de produzir um herdeiro o faz cair numa obsessão delirante. Com a cabeça cheia de sonhos desfeitos, Lucrécia foge dele por um caminho perigoso que pode lhe custar muito caro.

A Batalha de Sharpe - Bernard Cornwell
Novo livro da série que já vendeu mais de 90 mil exemplares no Brasil O capitão do exército britânico Richard Sharpe, junto de sua companhia, depara-se com o resultado de uma chacina num vilarejo espanhol. Logo descobre que essa atrocidade é responsabilidade da Brigada Loup, liderada pelo general Guy Loup, uma força francesa inclemente que espalha o terror pelo interior da Espanha. Sharpe consegue capturar dois integrantes do exército inimigo e os condena à morte, colocando seu posto em risco e despertando a sede de vingança do general francês. Ao mesmo tempo, Sharpe é incumbido de liderar a Real Compañía Irlandesa. Longe de ser uma honra, ele precisa forçar os homens da companhia a desertar, pois não são confiáveis. Porém, o capitão inglês simpatiza com os soldados rasos, homens simples, que desejam apenas fazer o seu melhor na guerra. Dessa forma, Sharpe precisa lutar para liderar seus novos homens e por sua honra e posição no exército no sangrento combate no vilarejo de Fuentes de Oñoro, uma batalha que decidirá o futuro da guerra contra Napoleão. • “O auge da habilidade narrativa de Cornwell em recriar períodos históricos.” – Publishers Weekly • A batalha de Sharpe foi adaptado para um filme para TV, com Sean Bean no papel de Richard Sharpe. • A série As aventuras de um soldado nas Guerras Napoleônicas vendeu mais de 90 mil exemplares no Brasil.

Flores da Ruína - Patrick Modiano
Novo livro da “trilogia essencial” de Patrick Modiano.
Em 24 de abril de 1933, dois jovens cônjuges se suicidam em seu apartamento em Paris. Naquela noite, eles teriam se encontrado com diversas pessoas e foram dançar. Trinta anos depois, o narrador tenta reconstruir a história deles, que parece se cruzar com a sua própria. Cada pergunta suscita outras, como um eco, ao curso de andanças fantasmagóricas por Paris, de lembranças que retornam à memória...
Remissão da Pena, Flores da Ruína e Primavera de Cão são histórias independentes mas formam a “trilogia essencial” da obra de Patrick Modiano.

Nó do Diabo - Mara Leveritt
A história de um dos casos mais polêmicos e indecifráveis da justiça americana.
Nó do diabo traz para o leitor a perturbadora história do caso conhecido como “Os Três West Memphis”, em que os jovens Damien Echols, Jason Baldwin e Jessie Misskelley Jr. — membros de uma suposta seita satanista — foram acusados pelo assassinato brutal de três meninos de oito anos em West Memphis, uma pequena cidade do Arkansas, em 5 de maio de 1993. Condenados pelos assassinatos, os jovens passaram mais da metade da vida na cadeia até que o caso fosse revisado e provas de DNA fossem aceitas em um novo julgamento, mas o crime permanece sem solução.

Contra a Maré Vermelha - Rodrigo Constantino
Rodrigo Constantino é um livre-pensador, debatedor incansável, defensor incondicional das liberdades individuais e dos valores republicanos – e, não estivéssemos no Brasil, seria mesmo inacreditável que tal conjunto de características fosse o principal motivo por criar tanta polêmica.
Contra a maré vermelha reúne 80 crônicas de Rodrigo Constantino publicadas no jornal O Globo entre 2009 e 2014. Sempre de modo original, e sem medo de patrulha, o autor destrincha o país em que vivemos e mais uma vez mostra por que é voz incontornável para o Brasil que não barganha com a democracia.

O Arroz de Palma - Francisco Azevedo
Primeiro romance a tratar da imigração portuguesa para o Brasil no século XX, O ARROZ DE PALMA narra a saga de uma família em busca de um futuro melhor, superando diversas dificuldades. Nos cem anos em que acompanhamos suas vidas, irmãos brigam e fazem as pazes. Uns casam e são felizes, outros se separam. Os filhos ora preocupam, ora dão satisfação. Tudo sempre acompanhado pelo arroz jogado no casamento dos patriarcas, José Custódio e Maria Romana, em 1908. Grão que serve de fio condutor desta história, como migalhas de pão jogadas no labirinto da memória.
Estréia na literatura do roteirista e dramaturgo Francisco Azevedo - autor das peças Unha e carne e A casa de Anais Nin, sucessos de público e crítica -, o livro começa com Antônio, filho de José e Maria, aos 88 anos, preparando o almoço que será servido à família, finalmente reunida após muito tempo. Enquanto combina os ingredientes, vão se misturando em sua mente as histórias que Tia Palma, irmã de seu pai, lhe contava. Mitologias familiares, que gravitam em torno desse arroz e também em torno das dificuldades em se largar uma terra amada por um futuro duvidoso.
No casamento dos pais, em Viana do Castelo, norte de Portugal, seguindo a tradição, o casal saiu da igreja sob uma chuva de arroz. Recolhido por Palma, esses 12 quilos de arroz foram acompanhando a família, sendo fundamentais em vários momentos. Como quando, para tratar da infertilidade da cunhada e do irmão, Palma dá a ele um laxante e depois prepara uma canja com esse arroz. O mesmo que ela presenteia ao sobrinho Antônio no dia de seu casamento. Uma união selada num almoço em que a família serviu esse arroz com bacalhau. O ARROZ DE PALMA é um romance delicado, que emociona e comove. Com um certo ar de Isabel Allende, a trama tem um forte componente sentimental. Uma nostalgia por um tempo em que a família abrigava as pessoas. Um ideal que, portugueses ou não, todos herdamos.

A Memória de Todos Nós - Eric Nepomuceno
As últimas décadas da America Latina por um dos maiores jornalistas do país e tradutor de García Márquez e Cortázar
Eric Nepomuceno traz histórias passadas na Argentina, no Chile e no Uruguai, representativas do longo e tenebroso período que a América Latina viveu entre 1954 e 1990. São narrativas acerca da trajetória de alguns personagens marcantes, não por serem únicos, mas por resgatarem exemplos do que aconteceu em todas as outras nações que viveram o mesmo pesadelo.
A memória de todos nós mostra que um país só saberá caminhar rumo ao futuro se for capaz de conhecer toda a verdade do seu passado, resgatar sua memória e fazer justiça.

Rio Negro, 50 - Nei Lopes
Um romance passado no Rio nos anos 50, em plena afirmação do negro na sociedade.
As histórias – pois são muitas as vidas que se cruzam neste romance – começam no dia 17 de julho de 1950, quando a derrota do escrete brasileiro na Copa do Mundo motiva um assassinato absurdo, de fortes conotações racistas. O crime é discutido na roda do Café e Bar Rio Negro, epicentro da vida intelectual dos “homens de cor” na Capital da República, e onde somos apresentados a fascinantes personagens. A partir desse microcosmo da então capital da República, em que personagens da história brasileira, como Dolores Duran e Abdias Nascimento, se cruzam nas deliciosas criações ficcionais de Nei Lopes, percorremos uma década decisiva da cidade do Rio de Janeiro e da afirmação da cultura afro-brasileira.

O Credo da Violência - Boston Teran
Rawbone é um experiente criminoso. Ao assaltar um caminhão que trafegava por Sierra Blanca, na fronteira entre o México e o Texas, em 1910, ele se depara com uma chance de ouro: o veículo está repleto de munições — mercadoria valiosa nos desertos áridos e sangrentos da fronteira de um país às vésperas da revolução.
Porém, isso se torna uma armadilha quando ele encontra John Lourdes, um jovem agente do Bureau of Investigation. Assim, Rawbone faz um acordo: para não ir preso, ele deve entregar seu roubo nos campos de petróleo mexicanos, sob a tutela de Lourdes. No entanto, o fora da lei não percebe que havia conhecido o agente no passado.
Enquanto os dois se concentram na missão, a viagem se torna cada vez mais perigosa com a revolução que se aproxima.
O credo da violência é uma saga sobre a complexidade do passado e a sede pela guerra em um cenário de corrupção e intrigas.

Guia Secreto de Buenos Aires - Duda Teixeira
O guia politicamente incorreto e divertido de Buenos Aires.
O delicioso Guia secreto de Buenos Aires nos permite viajar e conhecer um pouco mais da maior cidade da Argentina sem sequer precisar de avião. A história, tal como acontece nos cemitérios portenhos, foi desenterrada, remexida e trocada de lugar. Com a ajuda de mapas e ilustrações, o autor reúne 111 histórias de lugares curiosos e misteriosos de Buenos Aires, em textos instigantes, bem-humorados e surpreendentes.

O Que Esperar do Segundo Ano - Heidi Murkoff
Partindo do primeiro aniversário do seu filho, O que esperar do segundo ano é o guia completo dos porquês, quando e como para o “ano das descobertas” - doze mesescheios de marcos incríveis, aprendizado rápido e infinitas descobertas. Esta edição traz informações essenciais sobre crianças de 1 a 2 anos – da alimentação (dicas para incentivar crianças mais enjoadas) ao sono (como obter mais dele), da fala (como identificar as primeiras palavras) ao comportamento (como acabar com os primeiros ataques de manhã). O livro é destinado a pais que pretendem saber mais sobre detalhes que influenciam no dia a dia do segundo ano de vida do seu filho.

Ler é Mais

Lorem ipsun