ADs

Rafael Draccon é Sucesso no México

Em cinco meses, trilogia dragões de éter ocupa 4° lugar entre os mais vendidos, com mais de 6 mil exemplares comercializados.

E Paulo coelho tinha razão! Rafael Draccon merecia um lugar na feira de Frankfurt, os resultados no méxico provam isso.

Conforme divulgou a coluna Gente Boa do jornal O Globo, no dia 24/03, Rafael é um verdadeiro fenômeno da literatura fantástica no país da tequila. Em um mercado predominantemente europeu e americano, Draccon é um dos poucos que conseguiu se destacar.

Confira a nota que o autor publicou em seu facebook no dia da nota publicada pelo O Globo.


"Recentemente recebi as vendas dos 4 primeiros meses lá (setembro/outubro/novembro/dezembro 2013) e ficamos muito felizes com o resultado. Foram vendidos aproximadamente SEIS MIL exemplares no período!
Isso já seria um ótimo número para um lançamento no mercado brasileiro, mas ainda mais relevante no mercado mexicano, pois as áreas de literatura fantástica nas livrarias mexicanas são bem restritas e em especial a autores de língua inglesa. Quando estive por lá, por exemplo, encontrei ao lado de "Dragones de Éter" sempre os mesmo autores: Cassandra Clare, JK Rowling, Rick Riordan, George R.R. Martin, Christopher Paolini e Veronica Roth.
Como consequência, já fui convidado para três eventos no México e provável que represente o Brasil por lá ainda esse ano.
Considero isso bastante importante, principalmente porque o meio literário anda discutindo ultimamente sobre a importância de autores brasileiros serem lidos de verdade lá fora, mas sempre com textos de uma visão um tanto pessimista, ressaltando dificuldades e buscando culpados.
O que acho mais interessante é que "Dragões de Éter" chegou à Random House Mondadori sem intermédio de agentes. A editora que entrou em contato com meus editores, após descobrirem o barulho da série por aqui.
Lá no México a obra foi matéria desde nos principais canais de televisão até na revista Rolling Stone.
Da minha parte, só posso continuar a agradecer ao carinho e confiança dos leitores brasileiros que me permitem romper fronteiras e, hoje em dia, agradeço também aos leitores mexicanos que me receberam tão bem. Já recebi e-mails e tweets em espanhol que emocionam. Ah sim, e as meninas também adoram o príncipe Axel por lá "


Parabéns Rafael. Um dos poucos autores brasileiros que me dão orgulho, mesmo não sendo um fã de seus livros.

Ler é Mais

Lorem ipsun