ADs

Resenha (32) - O Chamado do Cuco

O Chamado do Cuco



Sinopse:
Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso.

Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega.

Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P. D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.
*********************************************************************************************** 

Muito se falou na mídia sobre este livro antes do seu lançamento no Brasil pela Rocco. Isso porque descobriram que o verdadeiro autor do livro não era um tal de Robert e sim J.K. Rowling, a quase mito autora de Harry Potter e Morte Súbita.

Apesar de uma sinopse interessante e uma bonita capa e um sucesso relativamente bom de início, somente após a revelação da autoria é que o livro estourou em vendas. Fomos conferir se apesar da compra compulsiva de faz de Rowling, o livro merecia mesmo todo esse sucesso.

A verdade é que merece! Rowling já havia provado antes que não era autora de uma história só com Morte Súbita, mas dessa vez ela se superou. O livro não é um romance digno de virar filme, não tem nada de fantástico ou fantasioso ou de inovador na história, mas é justamente isso que o torna tão especial.

Quem já leu Aghata Christie? Acredito que grande parte dos leitores pegaram nas mãos uma das aventuras de Poirot e se deliciou com a tentativa de descobrir o assassino ou o culpado do crime. A verdade é que esses livros estão em falta, é um ramo em extinção até mesmo na terra da rainha famosa por produzir os melhores do gênero. Rowling (Não vou ficar escrevendo palavra difícil e chamando de Robert se já sabemos que é ela) conseguiu resgatar esse tipo de história com maestria, demonstrando todo o seu talento e criando o que parece ser uma nova série de sucesso. Com personagens fortes e carismáticos, a velha e enigmática Londres, uma boa história com um enigma inteligente e que brinca com o leitor para descobrir o final e é claro, como em todo bom romance policial, um excelente final!

Tudo começa quando o quase falido detetive particular e ex veterano de guerra Cormoran Strike recebe em seu escritório                John Bristow, irmão de um ex amigo de infância de Strike, que pede que ele investigue a morte da bem sucedida e super-modelo Lula, que segundo John não cometeu suicídio como afirma a mídia e o inquérito policial.

Resistente no inicio, Strike aceita o trabalho mais por precisar pagar as contas do que por acreditar que de fato tenha ocorrido um assassinato. Com a ajuda inesperada de sua nova secretária temporária, Strike passa a investigar os pormenores de três meses atrás quando o dia fatídico do suicídio ocorreu.

Com um trama digna dos maiores nomes do romance policial inglês, a história passa a se desenrolar trazendo ao leitor aquele incessante mas deliciosa busca por descobrir o culpado ou desvendar o mistério de algo, tão carente hoje em dia nos livros e nos presenteia com um final digno dos Best-sellers que Rowling parece não conseguir parar de produzir.
***********************************************************************************************  
Pontos positivos:
  • Romance policial ao melhor estilo inglês.
  • Leitura fácil
  • Ótimos personagens.
  • Trama consistente. O leitor consegue descobrir o mistério por si só.
  • Mescla um estilo antigo de escrita com novas tendências.
  • Boa conclusão e a promessa de mais por vir.

***********************************************************************************************  
Pontos negativos:
  • O personagem da secretária é pouco explorado.
  • Falta um pouco de ação.

***********************************************************************************************  
Trechinhos:

“Uma jovem emaciada com uma ferida no canto da boca fumava junto a porta da frente, vestida num blusão sujo de homem que a engolia. Recostava-se na parede, olhando vagamente o centro comercial a cinco minutos de caminhada da recepção do albergue, ela lhe lançou um olhar escrutinador, aparentemente avaliando o potencial dele.”
***********************************************************************************************  
“- A modelo? Nossa. Mas o interesse de Spanner pelos seres humanos, mesmo quando mortos e famosos, ainda era secundário à sua ternura por gibis raros, inovação tecnológica e bandas que Strike nunca ouvira falar.”
***********************************************************************************************  
“Foi o momento mais glorioso dos 19 anos de Strike: ele carregou publicamente Helena de Troia bem debaixo do nariz de Páris e, em seu choque e prazer, não questionou o milagre, simplesmente o aceitou.”
***********************************************************************************************  
“Enquanto Strike mancava atrás do médico, uma frase flutuou por seu subconsciente, uma frase que ele lera muito antes de ver seu primeiro cadáver, ou se maravilhar em uma cachoeira na encosta montanhosa africana, ou observar a cara de um assassino desabar ao perceber que foi apanhado. Tornei-me um nome.”
***********************************************************************************************  
Conclusão:


Recomendado para todos os fãs de romance policial. Rowling escreveu um ótimo livro que me causa nostalgia dos meus primeiros contatos com a literatura, quando assaltava os poucos livros de minha mãe que tínhamos em casa e todos eles eram de romances policias, na sua grande maioria de origem inglesa. Adorei o livro e tenho certeza que qualquer fã do gênero também irá gostar.



Autor: J.K.Rowling (Robert Galbraith)
Livro: O Chamado do Cuco (The Cuckoo's Calling).
Editora: Rocco (Sphere Books).

Ler é Mais

Lorem ipsun