ADs

Noticias - Apple e Proibida de Negociar com Parceiros

O julgamento da apple por pratica antitrust nos Estados Unidos causou mais um revés para a empresa nessa semana. Uma juíza federal de Nova York proibiu que a Apple assine acordos com cinco empresas editoras de livros depois de ser considerada culpada de conspirar para elevar os preços dos livros eletrônicos. Em um documento disponível nesta sexta-feira (06/09/2013) nos registros do sistema judiciário americano, a juíza Denise Cote proíbe a Apple de fazer acordos com as editoras Hachette, Harper Collins, Simon & Schuster, Penguin e Macmillan, por períodos que vão de dois a quatro anos.

A corte proibiu também que a Apple comunique "direta ou indiretamente" com nenhuma das cinco editoras afetadas o estado de suas negociações com outras editoras de livros eletrônicos ou seus planos de negócio para o mercado de 'e-books'.

A briga da Apple com a justiça americana começou o ano passado após denuncia do Departamento de Justiça Americano sobre pratica ilegal em acordos feitos entre a Apple a as Editoras após o lançamento do IPAD. O plano desses acordos era quebrar a Amazon que vendia livros digitais recém lançados por 9,99 dólares, o que causou medo de desvalorização dos livros impressos nas editoras e abriu uma nova oportunidade de mercado para a Apple, que com as vendas astronômicas de tablets pode alterar o mercado de livros digitais, alem de tirar uma boa fatia de mercado da Amazon.

Para saber mais visite o especial do Huffington Post (http://www.huffingtonpost.com/tag/apple-antitrust)


Fonte: (http://info.abril.com.br/noticias/mercado/2013/09/juiza-proibe-apple-de-fechar-acordos-com-editoras-de-livros.shtml)


Ler é Mais

Lorem ipsun