ADs

Lançamentos de Março da Nova Fronteira

Contos de Terror, de Mistério e de Morte - Clássicos de Ouro - Edgar Allan Poe
Com esta coletânea, o leitor entrará em contato com alguns das melhores histórias da obra de Edgar Allan Poe, considerado o criador do conto policial. Nelas, associam-se medos reais a casos extraordinários, e o resultado é espetacular e surpreendente. Neste Contos de terror, de mistério e de morte estão reunidas algumas de suas melhores narrativas e, dialogando com elas, ao final do volume, o aclamado poema “O corvo”, que se tornou emblemático da produção literária do autor norte-americano. Como resultado temos uma coletânea em que se associam medos reais a casos extraordinários, o espetacular e o surpreendente em concentradas doses do mais puro terror.

O Tambor - Clássicos de Ouro - Günter Grass
O tambor é considerado por muitos o melhor romance sobre o dilaceramento do mundo alemão no pós-guerra. O livro conta a história de um anão que, ao tocar seu tambor, ressuscita suas lembranças, as de sua família e de seu país, agitando um universo grotesco e misterioso cuja lógica não é deste mundo. Publicado originalmente em 1959, o romance de estreia de Günter Grass tornou-se um best-seller e trouxe reconhecimento internacional ao autor, que mais tarde ganharia o prêmio Nobel de Literatura.

O Óbvio Ululante: As Primeiras Confissões - Nelson Rodrigues
"O óbvio ululante" traz uma seleção, feita pelo próprio Nelson Rodrigues, das "Confissões" que ele publicava em O Globo entre dezembro de 1967 e junho de 1968. Nessa coluna, além de deixar entrever parte de sua vida, analisava personagens de sua época, as mudanças de comportamento e os debates políticos pelos quais passava o país. Encontramos em cada crônica os tipos criados por Nelson, como a "estagiária do JB" e a "grã-fina de nariz de cadáver", e os amigos - e inimigos - que o autor transformava em personagens: Otto Lara Resende, Hélio Pellegrino, Antonio Callado, Alceu Amoroso Lima, D. Hélder Câmara, entre outros.

Desde o Primeiro Olhar - Mario Vitor Rodrigues
Os ingredientes principais do romance de Mario Vitor Rodrigues são o amor, o mundo das artes e o desejo de vingança. O livro narra as histórias paralelas de Tom Gale, que um dia resolve vandalizar galerias de arte e museus para despertar nas pessoas a necessidade de admirar a arte pela arte, e Joan Marie Baker, contratada para desvendar quem está por trás dos misteriosos atentados. Desde o primeiro capítulo e o primeiro olhar os dois protagonistas veem sua vida atravessada pela do outro e caminham juntos para um final inesperado.

Ler é Mais

Lorem ipsun