ADs

Melhores Lançamentos de Abril

E está de volta um de nossos posts mais legais. Depois de um breve teste ano passado, estou retomando as nossas escolhas de livros entre os lançamentos do mês. 

Os critérios se baseiam meramente em minha opinião e na opinião de colegas blogueiros que visito constantemente. 

Nem todos os livros nós lemos, afinal a lista é bem grande. Mas em todos eles pesquisei sinopse, dei uma folheada na saraiva ou cultura mais próxima e na dúvida, busquei ajuda da blogsfera pra eleger os melhores do mês de Abril para vocês. Agora enquanto espera as novidades de Maio chegarem nas livrarias, faça sua escolha de leitura entre nossas sugestões, com a certeza de que não irá se decepcionar!

Capesius - Dieter Schlesak
Quando vivia em Schässburg, na Transilvânia, Victor Capesius era farmacêutico e representante comercial dos produtos Bayer. Durante a guerra, foi recrutado para ocupar o prestigiado cargo de Oficial da SS como farmacêutico-chefe de Auschwitz do outono de 1943 até a evacuação do campo de concentração. Entre as suas atribuições constavam distribuir o gás utilizado nas câmaras de extermínio e selecionar os que iriam para a morte.
Certo dia, após a chegada de um trem de sua terra natal, Capesius identificou vários homens e mulheres, antigos vizinhos e conhecidos, que desembarcavam no principal campo de concentração do nazismo; pessoas que sequer imaginavam o massacre final que as aguardava. A sangue-frio, enviou muitos deles para as câmaras de gás e se apossou de seus objetos de valor.
Por meio da investigação das relações entre os vários personagens que estiveram em Auschwitz – tanto as vítimas quanto agentes que trabalharam em prol do Holocausto –, Dieter Schlesak nos apresenta uma complexa colagem de narrativas, documentos e imagens do horror nazista. Capesius, o Farmacêutico de Auschwitz é uma obra comovente, inquietante, dada a intensidade de sua pujança linguística, carregada de autenticidade.
O nazismo fascina gerações desde que a Guerra acabou e as atrocidades cometidas pelo regime foram reveladas ao mundo. A pergunta recorrente que fica nos dias de hoje é: Como alguns seres humanos foram capazes de perpetuar tamanha crueldade com tanta frieza e até mesmo prazer? Capesius busca entrar na mete de um dos homens fortes do regime para talvez, nos ajudar a responder essa pergunta. Um livro sensacional para aqueles que gostam do tema 2° Guerra Mundial.

Abandonados - Vinícius Pinheiro
No intrigante filme Dogville, do dinamarquês Lars Von Trier, habitantes de uma cidade à beira do fim do mundo se comportam como ratinhos de laboratório. O diretor nos faz ver quão ridículos somos quando vistos do alto. Em Abandonado, Vinícius Pinheiro leva seus personagens para reinar na estonteante São Paulo, cidade que centrifuga tudo o que há de bom e ruim numa força avassaladora. Todos tentam dar o melhor de si, mas parecem ridículos. Tentam se levar a sério, mas percebem que o mundo está se tornando uma grande piada. Somos nós lutando para sobreviver e viver nas poucas horas vagas, enfrentando dificuldades financeiras, chefes carrascos, a mediocridade e o imediatismo que nos impedem de ser um pouquinho original. Tudo é produção, tudo é pra ontem, tudo é insumo. Nas pinceladas das palavras, Vinícius vai desenhando momentos de ironia, sarcasmo, e nos faz rir das próprias desgraças, das próprias fragilidades. Assim, nos sentimos mais humanos quando viramos a última página. Faz lembrar os versos de Fernando Pessoa em Poema em linha reta: “Ora, então são todos semideuses? Onde há gente neste mundo?”
Esse é o tipo de livro que é raro ver nos lançamentos editoriais do Brasil. Para nos fazer refletir sobre nossa forma de encarar a vida e principalmente sobre o que esperamos da vida enquanto vivemos mecanicamente dentro dessa gigante metrópole chamada São Paulo. Talvez você reveja alguns conceitos após ler este livro.

Brasil - Os Frutos da Guerra - Neill Lochery
Quando a Segunda Guerra Mundial eclodiu, em 1939, o Brasil parecia muito distante do conflito tanto geográfica quanto politicamente. Na época, o país tropical, subdesenvolvido e longínquo era o destino perfeito para viajantes internacionais que desejavam fugir um pouco do clima pesado dos conflitos. Contudo, a imagem bucólica de praias maravilhosas e povo amistoso escondia uma realidade bem mais complexa.
Em pleno Estado Novo e movido pelo objetivo de modernizar o país, o presidente Getúlio Vargas via na Segunda Guerra Mundial uma chance de ouro. Fatores como as vastas riquezas naturais e a proximidade geográfica com os Estados Unidos despertaram o interesse tanto dos Aliados quanto do Eixo, resultando em um balé diplomático entre embaixadores, ministros e presidentes para assegurar o apoio estratégico do país na guerra.
Em Brasil: os frutos da guerra, Neill Lochery apresenta um relato vívido e repleto de intrigas sobre como a habilidade política e o oportunismo econômico do governo brasileiro permitiram que o conflito alçasse o país à condição de potência política e econômica da região.
A participação brasileira na 2° Guerra é sempre tratada, ou com desprezo, ou com uma cota razoável de imaginação conspiratória. Algumas pessoas creem com todas as forças que Hittler se asilou por aqui e morreu velhinho graças a amizade que tinha com o governo brasileiro. Longe do folclore ou da necessidade de diminuir os feitos nacionais, Neill Lochrey faz um relato baseado em muita pesquisa sobre como o Brasil escolheu seu lado e como isso afetou e afeta nossa nação até os dias atuais. Excelente para entendermos um pouco de nossa história.

Mujica - Maurício Rabuffetti
A revolução tranquila é um retrato moderno e humano do presidente uruguaio, que parte de sua fama mundial para explorar a extraordinária vida de um personagem que gera polêmica em seu país ao mesmo tempo em que é aclamado pelo mundo. O livro de Mauricio Rabuffetti é um retrato profundo, dinâmico e revelador sobre um líder político que tem marcado o seu tempo histórico e tornou-se uma figura analisada em âmbito mundial. As chaves para a sua popularidade, as razões para algumas de suas decisões mais comentadas e explicações para seus fracassos aparecem em uma narrativa vertiginosa que descreve em detalhes esse líder intransigente que cultua um estilo de vida simples. O livro aborda questões, tais como: Como esse líder foi forjado? Por que esse homem desperta tantas paixões? O que o fez encarar a morte e trilhar um caminho de espinhos e armas em direção à paz? Como a lei de liberação da maconha foi concebida? Qual foi seu real envolvimento no processo de paz na Colômbia e no relaxamento do embargo sobre Cuba? E, mais importante: Qual será o legado do presidente mais popular do planeta?
Nenhum político é perfeito e nenhum agrada a todos, nem mesmo o presidente uruguaio Mujica. Porém é inegável o fato de que este senhor se tornou um ícone da política mundial, recebendo diversos elogios e encaminhando a nação vizinha a um exemplo de cidadania e inovação. Em um país como o nosso, onde não há como se inspirar em nossos líderes, entender e conhecer casos de sucesso de fora se torna uma obrigação para pensarmos em um futuro melhor. Excelente leitura!

O Meu Irmão - Afonso Reis Cabral
Com a morte dos pais, é preciso decidir com quem fica Miguel, o filho de 40 anos que nasceu com síndrome de Down. É então que o irmão - um professor universitário divorciado e solitário - surpreende a família, assumindo essa grande responsabilidade. É apenas um ano mais velho que Miguel, e a recordação do afeto e da cumplicidade entre os dois durante a infância leva-o a acreditar que a nova situação acabará por resgatá-lo da aridez em que se transformou a sua vida e redimi-lo da culpa por tantos anos de afastamento. Porém, a chegada de Miguel traz problemas inesperados - e o maior de todos chama-se Luciana. Numa casa de família, situada numa aldeia isolada do interior de Portugal, o leitor assistirá à rememoração da vida em comum desses dois irmãos, incluindo o estranho episódio que ameaçou de forma dramática o seu relacionamento. O meu irmão, vencedor do Prêmio LeYa 2014 por unanimidade, é um romance notável e de grande maturidade literária que, tratando o tema sensível da deficiência, nunca cede ao sentimentalismo, oferecendo-nos um retrato social objetivo e muitas vezes até impiedoso.
Fugindo de clichês sentimentais, o livro trata das relações entre irmãos e de como nós lidamos com situações adversas e em como sempre estamos esperando algo em determinada situação que dificilmente irá acontecer. De forma sensível e realista, também trata de como encaramos doenças cognitivas como a síndrome de Down e em como é difícil fugir do desprezo e da mágoa, aceitando as pessoas como são, mesmo se tratando de alguém intimo como nosso próprio irmão. Excelente escolha para passar o tempo com uma ótima história.

A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff
Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente
Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.
As emoções na adolescência são sempre muito fortes e marcantes e não é diferente com as amizades 'que duram para sempre'. Neste romance vemos um adolescente, com os problemas típicos da fase, tendo de lidar com o luto e a perda do melhor amigo suicida, enquanto tenta desvendar a enigmática lista musical deixada para ele como um adeus e acaba por conhecer outra pessoa, diferente do amigo que conhecia. Livro excelente que mostra os problemas da adolescência com frieza, além de tratar do tema suicídio e em como isso afeta as pessoas que ficam, principalmente os melhores amigos.

A Porta dos Três Trincos - Sonia Fernandéz Vidal
Formada em física pela Universitat Autònoma de Barcelona, com doutorado no campo da Informação e Óptica Quântica, Sonia Fernández-Vidal é uma das mais importantes escritoras de divulgação científica em língua espanhola, autora do bestseller internacional Quantic love, também publicado pela Rocco. Agora, em A porta dos três trincos, a autora volta a unir aventura e conhecimento, amizade e romance, numa história surpreendente. No livro, um garoto acostumado a fazer sempre o mesmo caminho resolve variar seu percurso habitual e encontra uma estranha casa, que atrai a sua curiosidade. Ao abrir os três trincos da porta que leva ao interior da casa, Niko acaba entrando no Mundo Quântico, onde coisas incríveis acontecem. E caberá a ele restaurar o equilíbrio entre o seu mundo e o universo que acaba de descobrir.
O tipo de ficção cientifica que sempre agrada leitores de todas as idades. Misturando fantasia com fatos, mera imaginação com ciência de verdade, Sonia Vidal nos transporta a uma fantástica história que se mostra viciante enquanto viramos as páginas. Venha aprender física quantica diretamente com elfos e fadas. . .imperdível!

Alif, O Invisível - G. Willow Wilson
Alif vive num mundo velado. O rosto das mulheres é coberto por um véu. Suas ações como hacker, um segredo. Seu relacionamento com Intisar só permite encontros escondidos na calada da noite. Mesmo seu nome não passa de um apelido. Num contexto em que nada é o que parece, o jovem acaba envolvido em uma trama que envolve vigilância eletrônica e misticismo.
Em Alif, o invisível, romance de estreia da norte-americana convertida ao islamismo G. Willow Wilson, teologia islâmica, o universo dos hackers e os acontecimentos da Primavera Árabe se mesclam para tecer uma rica narrativa, na qual o cotidiano colide com o sobrenatural. Elogiado pela crítica, o romance conquistou o World Fantasy Award, foi finalista do Women's Prize for Fiction e incluído na tradicional lista de livros notáveis do ano do The New York Times.
Um livro sensacional que leva o leitor a dois universos que vivem na imaginação popular com muita desinformação e misticismo. O islamismo e os Hackers! Muito bem escrito e com base tanto tecnológica como teológica, o livro tem uma narrativa poderosa vagando por diversos temas com facilidade. Um ótimo romance regado a religião, tecnologia e pitadas de sobrenatural.

Sem Coleira - Rupert Fawcett
Já pensou como seria se os cachorros falassem? Pois o cartunista Rupert Fawcett não apenas imaginou como deu voz a eles. Em Sem coleira – A vida secreta dos cães, ele reúne em uma série de histórias em quadrinhos flagrantes que divertem tanto os apaixonados por animais de estimação como os que não os possuem, mas se identificam com suas características. O título chega às livrarias pelo Bicicleta Amarela, o novo selo de bem-estar da Editora Rocco.
Cada história de Sem coleira reflete o carinho de Rupert Fawcett pelos cães. Não importa o tamanho, a cor ou a raça: os pensamentos caninos são apresentados de forma bem-humorada em atitudes corriqueiras como marcar território, sair para um passeio, brincar, fazer travessuras, pedir carinho ou simplesmente ficar parado dentro de casa.
O livro mais fofo da lista. Com ilustrações em forma de quadrinhos, o autor retrata o que pensam os cachorros em diversas situações. Eu, com detentor de um jovem cocker spaniel que vive dentro de casa, me diverti demais com as historinhas. Se você tem um desses bichinhos peludos de quatro patas não pode deixar de ter um desse livro.

Os Últimos Passos de Jesus - Bill O'Reilly e Martin Dugard
Quase dois mil anos depois de Jesus ter sido brutalmente assassinado pelos soldados romanos, mais de 2,2 bilhões de pessoas ainda tentam seguir os ensinamentos de uma das figuras mais polêmicas e revolucionárias da História e que muitos acreditam ser o messias. Agora Bill O’Reilly e Martin Dugard contam em detalhes os acontecimentos inquietantes que levaram à execução do homem mais influente que já caminhou sobre a Terra.
Os últimos passos de Jesus apresenta um homem de grande intelecto em sua luta para aceitar o destino que o aguarda. Abrangendo desde o nascimento dele até o fim de seu ministério, a narrativa se concentra em apresentar os fatos que envolvem sua vida e o contexto histórico da época.
Este é o resultado de uma extensa pesquisa que traz informações esclarecedoras sobre a Terra Santa, o texto bíblico e toda a crueldade da ocupação romana – inclusive a crucificação, a punição mais desumana e temida naqueles tempos.
Este instigante relato sobre Jesus e seu tempo também apresenta em cores vivas outros personagens históricos importantes, como Júlio César, Cleópatra, César Augusto, Herodes, Pôncio Pilatos e João Batista.
A partir de descrições ricas sobre os costumes do Império Romano, a vida dos judeus da época e sua maneira de enxergar o mundo, você vai testemunhar os eventos históricos e políticos que tornaram inevitável a morte de Jesus de Nazaré.
Sempre acreditei que religião e ciencia devem andar lado a lado. Somente o fanatico não percebe que as duas se completam e se comprovam. Esse livro, que tem uma ótica cientifica sobre a época de Jesus, se mostra um bom material de pesquisa sobre o tema da crucificação. Obviamente não há como comprovar nada que ocorreu nessa época, porém os fatos e argumentos do livro são bem interessantes.

Um Poema Para Bárbara - Monica Sifuentes
São João Del Rei, Minas Gerais, 1776. A cidade recebe o novo ouvidor da comarca, vindo de Portugal: o jovem intelectual e bon-vivant José Inácio de Alvarenga Peixoto. Pronto para assumir sua responsabilidade na próspera Colônia da Coroa, o caminho do magistrado se cruza com o de Bárbara Eliodora, moça de gosto apurado e ideias à frente de seu tempo, que encontra expressão na poesia, assim como Inácio. Do encontro dos dois nasce uma paixão repleta de sonhos de liberdade e revolução, e de um país livre dos grilhões da realeza. Retratando a jornada que culmina na turbulenta Inconfidência Mineira, Um poema para Bárbara é uma história de amor e coragem que jamais será apagada pelo tempo. Um legado de sangue e lutas, de ideais e heroísmo, que marca até hoje a História do Brasil.
Romances históricos são o que há de melhor na hora de ler um livro para relaxar. E se esse romance é baseado em fatos de nossa própria história em um Brasil que teimam em tentar deixar para trás. . . enfim, não há muito o que dizer além de recomendar esse livro a todos os amantes de um bom romance, acho pouco provável que se arrependam.

Jack - O Estripador em Nova York - Stefan Petrucha
Carver Young sonha ser um detetive, apesar de ter crescido num orfanato, tendo apenas romances policiais e a habilidade de abrir fechaduras para estimulá-lo. Entretanto, ao ser adotado pelo detetive Hawking, da mundialmente famosa Agência Pinkerton, Carver não só tem a chance de encontrar seu pai biológico como também se vê bem no meio de uma investigação de verdade, no encalço do cruel serial killer que está deixando Nova York em pânico total. Mas quando o caso começa a ser desvendado, a situação fica pior do que ele poderia imaginar, e sua relação com o senhor Hawking e com os detetives da Nova Pinkerton entra em risco. À medida que mais corpos aparecem e a investigação ganha contornos inquietantes, Carver precisa decidir: de que lado realmente está? Com diálogos brilhantes, engenhocas retrofuturistas e a participação de Teddy Roosevelt, comissário da polícia de Nova York que viria a ser presidente dos Estados Unidos, Jack, o Estripador em Nova York desafiará tudo o que você pensava saber sobre o assassino mais famoso do mundo. E o deixará sem fôlego!
E se Jack - O Estripador de repente não estivesse em Londres, mas em Nova York? Nessa espécie de releitura da história do serial killer mais famoso do mundo, você vai acompanhar um jovem aspirante a detetive em uma narrativa de tirar o fôlego, como diz na sinopse. Perfeito para quem curte romances policiais.

O Planeta dos Macacos - Pierre Boulle
Em pouco tempo, os desbravadores do espaço descobrem a terrível verdade: nesse mundo, seus pares humanos não passam de bestas selvagens a serviço da espécie dominante... os macacos. Desde as primeiras páginas até o surpreendente final – ainda mais impactante que a famosa cena final do filme de 1968 –, O planeta dos macacos é um romance de tirar o fôlego, temperado com boa dose de sátira. Nele, Boulle revisita algumas das questões mais antigas da humanidade: O que define o homem? O que nos diferencia dos animais? Quem são os verdadeiros inimigos de nossa espécie? Publicado pela primeira vez em 1963, O planeta dos macacos, de Pierre Boulle, inspirou uma das mais bem-sucedidas franquias da história do cinema, tendo início no clássico de 1968, estrelado por Charlton Heston, passando por diversas sequências e chegando às adaptações cinematográficas mais recentes. Com milhões de exemplares vendidos ao redor do mundo, O planeta dos macacos é um dos maiores clássicos da ficção científica, imprescindível aos fãs de cultura pop.
Um clássico da ficção cientifica que merece ser lido por todos os amantes do genero. Conheça a história que inspirou diversos filmes no cinema e mexeu com a imaginação de várias gerações até os dias de hoje. Impossível prever quantas obras e avanços existem porque O Planeta dos Macacos foi criado anos e anos atrás. Nem preciso comentar mais nada não é mesmo?

A Curiosidade - Stephen Kiernan
A cientista Kate Philo e sua equipe em um projeto revolucionário de criogenia fazem uma descoberta impressionante no Ártico: o corpo de um homem enterrado no gelo. O ambicioso chefe do projeto ordena que o homem seja levado para o laboratório, em Boston, e reanimado — o que é feito com sucesso. À medida que o homem começa a recuperar a memória, a equipe descobre que ele foi — ou melhor, é — Jeremiah Rice, um juiz, e a última coisa de que ele se lembra é a queda no oceano Ártico em 1906.
Unidos por circunstâncias além de seu controle, Kate e Jeremiah se tornam próximos. Mas o tempo está passando, e Jeremiah percebe que sua vida está mais uma vez em risco. Muito em breve Kate deverá decidir até onde está disposta a ir para proteger o homem que aprendeu a amar.
A curiosidade é um thriller emocionante, comovente e original que levanta questões perturbadoras sobre a natureza da vida e da humanidade.
São diversas as obras, tanto literárias como cinematográficas que tratam do tema de reviver seres vivos que estão congelados. E este livro fala sobre isso, um Juiz congelado desde o século passado volta a vida após ser encontrado no ártico e reanimado. Imaginar as complicações e troca de informações que acarretariam de uma situação dessas já é o suficiente para querer ler este livro.

Pines - Blake Crouch
O agente secreto americano Ethan Burke chega à aparentemente pacata cidade de Wayward Pines, em Idaho, Estados Unidos, com a missão de descobrir o que ocorreu com dois de seus colegas, que sumiram sem deixar rastro. Mas, ao chegar, Burke se envolve em um violento acidente de carro e acorda, dias depois, em um hospital da cidade sem sua carteira, seu celular e a pasta que continha os papéis secretos que o levaram até a região. Sem nenhum documento que confirme sua identidade, o agente não convence os moradores da cidade de que é quem diz ser. Para piorar a situação, ele não consegue contatar sua mulher e filho. Rapidamente, Burke percebe que nem tudo é o que parece ser em Wayward Pines e que o cenário bucólico do lugar esconde algo sinistro. A fértil imaginação do autor best-seller Blake Crouch é a responsável por essa instigante história que virou série de TV do canal por assinatura Fox, produzida e dirigida pelo cultuado cineasta M. Night Shyamalan (diretor de Sexto Sentido, entre outros sucessos de Hollywood) e estrelada por Matt Dillon, Melissa Leo, Terrence Howard e Juliette Lewis.
Suspense, drama, investigação, conspiração enfim. . .. Basta ler a sinopse para saber que este é um livro que vai te prender da primeira à última página. Para deixar ainda melhor, a série está prestes a estrear e você poderá ver os personagens ganhando vida nas telinhas.

Sailor Moon - Short Stories - Naoko Takeuchi
Atendendo a muitos pedidos dos fãs, após o término do mangá clássico das guerreiras sailors, que teve seu décimo segundo e último volume publicado no mês de março, a Editora JBC traz ao Brasil mais uma obra de Naoko Takeuchi, Sailor Moon Short Stories. Assim como Sailor Moon, o mangá será lançado pela primeira vez no Brasil.
O título é completo em dois volumes, e compila uma série de histórias curtas e fechadas protagonizadas pelos personagens do mangá original. Na primeira edição, as aventuras ficam por conta da pequena Chibiusa, e as sailors Mars, Jupiter, Mercury e Venus. Mas é claro que a Usagi e as demais guerreiras de uniforme de marinheiro também aparecem para dar uma força.
Não há muito o que falar sobre Sailor Moon né? Se você curte mangás e principalmente se gosta das histórias das Sailors então não pode perder a nova série da JBC que reúne pequenos acontecimentos do universo Sailor Moon.

Cinderela Pop - Paula Pimenta
Nesta versão estendida do super conto de Paula Pimenta no Livro das Princesas, Cinderela é reinventada. Cintia é uma princesa dos dias atuais: antenada, com opiniões próprias, decidida e adora música! Mas a garota vê seu cotidiano virar de cabeça para baixo depois da separação dos pais: vai morar com a tia, se afasta do pai e, principalmente, deixa de acreditar no amor. Até que um encontro inesperado e revelador a faz rever as próprias escolhas – havia mesmo um belo príncipe em sua história, e tudo que ele mais queria era descongelar o coração da nossa gata (nada) borralheira!
Dando sequência as suas releituras dos contos de fadas, Paula Pimenta embarcou outro sucesso neste mês de Abril. Com o seu jeito divertido de contar histórias que agradam principalmente as mulheres, de qualquer idade, mas que tem muito marmanjo lendo também, Paula Pimenta conseguiu mais uma vez escrever um ótimo livro que o blog recomenda como leitura indispensável, ainda mais se leu o primeiro da série, o Princesa Adormecida.

Benefício na Morte - Robin Cook
Em Benefício na morte, Robin Cook está de volta com mais uma história eletrizante envolvendo pesquisas científicas sem precedentes e questões éticas na medicina, ambas sujeitas à ação maligna de pessoas gananciosas e sem escrúpulos.
Pia Grazdani é uma estudante de medicina de inteligência excepcional. Em estreita colaboração com o geneticista molecular Dr. Tobias Rothman, da Universidade Columbia, ela trabalha na pesquisa que tenta criar órgãos de reposição para pacientes crônicos, o que poderia revolucionar a saúde pública. Através desse estudo, Pia espera ajudar milhões de pessoas. Porém, quando o laboratório vira palco de uma tragédia, Pia se vê obrigada a interromper suas pesquisas e começa a investigar, com a ajuda de um colega de turma, o que teria causado o desastre no laboratório de biossegurança.
Enquanto isso, dois gênios de Wall Street pensam ter achado mais uma mina de ouro na multitrilionária indústria de seguros de vida, e concentram todos os seus esforços na tentativa de manipular dados atuariais e securitizar apólices de seguro de vida de idosos e doentes crônicos – uma fonte potencial de fortunas incalculáveis.
Quando Pia e George investigam mais a fundo, uma pergunta começa a rondá-los: será que alguém estaria usando informações de seguros de vida particulares para permitir que investidores se beneficiem da morte de terceiros?
Um thriller como tem que ser. Muito suspense, investigação e conspiração dão o ritmo dessa história que fala de coisas muito atuais, principalmente sobre o lucro a qualquer custo, mesmo ao custo de vidas e de pessoas inocentes.

Metrô - Lorens & Humanos - Joshua Rubberman
Lorens & Humanos, o primeiro volume da trilogia MeTRÔ, lançado neste mês pela editora Pandorga, é uma ficção científica escrita por Adriano Emilio de Sousa, que adotou o pseudônimo Joshua Rubberman. Desenvolvedor de sistemas, o autor, nascido em Florianópolis, formou-se técnico em telecomunicação e resolveu se valer da criatividade que naturalmente envolve a profissão para explorar um novo ramo: o da escrita.
O livro traz uma visão bastante peculiar da raça humana. Amor, ódio, alegria e tristeza são algumas das emoções presentes na história. A “alma humana” é apresentada como uma energia pura, enviada aos novos nascidos pelos Lorens – criaturas alienígenas que usam a bondade dos homens como combustível para continuar a existir.
“Loan interagiu o suficiente com os humanos para se dar conta de que eram frágeis demais, influenciados demais por seus sentimentos [...] E se os lorens fossem responsáveis pelo nascimento dos grandes monstros da humanidade? Essa sensação era nova para Loan. Pela primeira vez, ele sentia medo.”
Lorens & Humanos é um livro para alucinados por ficção e apaixonados por narrativas velozes, que falam sobre os atributos mais essenciais da humanidade. São 240 páginas com muitos acontecimentos envolventes e inesperados. A leitura corre naturalmente e, a cada capítulo, o leitor mergulha mais fundo na história. Impossível não ler do início ao fim!
Folheando o livro fiquei com a impressão de que está nascendo outro grande escritor de fantasia e ficção nacional. A trama é muito bem-feita e a história muito bem elaborada. Essa trilogia promete!

Ler é Mais

Lorem ipsun