ADs

Resenha (66) - Faça Amor, Não Faça Jogo

Faça Amor, Não Faça Jogo

Sinopse:
Viver a plenitude do amor é o desejo senão de todas, ao menos da maioria das pessoas. Amar e ser amado incondicionalmente, contar com o apoio de alguém para as horas difíceis e para os momentos alegres, e saber que independentemente do que fazemos, alguém estará ao nosso lado simplesmente pelo que somos é o ideal de vida de muitos. Viver esse amor na prática, no entanto, nem sempre é fácil. E é exatamente sobre felicidade, vida e amor que Ique Carvalho fala neste livro. O autor, que começou escrevendo em seu blog e já tocou o coração de milhares de pessoas que se envolveram e se emocionaram com suas palavras, descreve com perfeição o amor que muitos procuram e poucos realmente encontram. E ele fala do amor em todas as suas expressões: desde o romântico entre duas pessoas até o mais puro e verdadeiro dos laços familiares, que ele tem com seu pai e mentor. Como as relações humanas são frágeis e complicadas, os relacionamentos tornam-se difíceis, o que nos faz buscar a felicidade nos lugares ou nas pessoas erradas. Mas o autor nos faz enxergar a vida de forma diferente. Faça amor, não faça jogo é um lembrete de que, no jogo do amor, não é necessário haver ganhadores ou perdedores. Basta olhar e aceitar novos paradigmas e acreditar no que diz seu coração. E vivenciar isso de verdade.


Itens a venda na loja do Ique.
Esqueça tudo que um dia você aprendeu sobre poesia. Não importa se você á fã, se gosta um pouco ou se passa longe de ‘Pessoa e Camões’, nada pode prepará-lo para as palavras que Ique Carvalho escreveu em Faça Amor, Não Faça Jogo. Ique carvalho não escreve poemas, escreve prosa e crônica, sobre amor e amizade, sobre carinho e família e escreve sobre a vida. E a beleza dos seus textos faz tudo ser bonito, tocante, romântico e poético.

Com textos engraçados, outros inteligentes, mas todos eles bastante tocantes que falam sobretudo de amor, você vai ser levado a olhar dentro de si mesmo e refletir sobre coisas que geralmente esquecemos no dia-a-dia. Mas não estamos falando sobre o amor que conhecemos das canções sertanejas ou bandas como Bom Jovi. Nada de sofrimento piegas ou exagerado. Ique escreve com uma simplicidade e honestidade de quem ama a vida e as dificuldades que encontramos nela, um amor simples e descomplicado que vai muito além das relações homem x mulher.

A obra como um todo, se já não bastasse a beleza dos textos, é lindamente ilustrada e a Gutenberg caprichou demais no livro. A cada texto temos páginas decoradas em vermelho e branco e todas as páginas são decoradas com gravuras. E além disso, como poesia, amor e música têm tudo a  ver, você pode ler ouvindo a sugestão musical do autor, basta ter um leitor de QRCode.

Decoração das páginas do livro.
O livro é composto de vários textos curtos. Nasceu do blog do Ique, o The Bro Code que ficou famoso na internet e onde o autor publicava seus textos, muitos deles reunidos em Faça Amor Não Faça Jogo.

Por ter tido origem em um blog, é como se você estivesse lendo um quando pega o livro em mãos. Os posts são separados pelo lindo acabamento da Gutenberg e seguem mais ou menos uma ordem cronológica, assim como no blog. Mas tudo isso é perfumaria, pois o que realmente importa são as palavras impressas dentro do livro. E não há palavras para descrever a qualidade da escrita do autor, talvez ele próprio conseguisse com alguns versos curtos, mas foge das minhas habilidades elogiar ou analisar algo que transcende meus conceitos de bom e ótimo.

Enquanto passeia pelas mensagens você vai refletir sobre o amor. Mas como disse antes, não é o amor romântico, apesar de este também estar presente nas páginas. Mas o amor pela vida, pelas coisas simples, pela amizade e sobretudo pela família. As passagens em que o Ique conta fatos que aconteceram com seu pai, que é seu grande espelho e seu grande amor, são tocantes demais e é impossível não se emocionar. 

Ique e seu pai, protagonistas das histórias do livro.
Também é impossível não rever nossos conceitos e nossos princípios. A honestidade e simplicidade com que o autor expõe seus sentimentos e suas convicções cravam fundo em nosso próprio coração, ataca nossos defeitos, nossa arrogância e nosso orgulho e nos motiva a sermos melhores e viver o mundo com os mesmos olhos com que Ique os enxerga. Assim como a poesia clássica, os textos do Ique apesar de contemporâneos e livres de floreios e palavras difíceis, também são feitos mais para sentir do que para ler.

Essa é parte que falo sobre o que mais gostei, mas é difícil eleger alguma coisa. O livro com um todo é excelente, nunca tive tanto trabalho para selecionar alguns trechos, pois queria transcrever tudo que li em na obra. Mas o destaque sem dúvida é a honestidade e a paixão com que o Ique escreve. É raro encontrar textos assim hoje em dia.

Se é difícil falar sobre o que gostei imagina o que não gostei? Acho que a única coisa que incomodou um pouco foi a forma quebrada com que ele escreve. É meio que um estilo de prosa que demorei um pouco a me habituar. Depois de acostumado fluiu tudo naturalmente mas no começo tive que me adaptar a velocidade da leitura para absorver tudo como acredito que era a intenção do autor.

Trechinhos:
“Se você está cansado de joguinhos, de tanto faz,
Dessas regras bobas, faça como eu:demita-se.
Sabe, esqueça essa teoria de não dar moral.
Se quer ligar, liga.
Vai lá, tenta, quebra a cara, acredita.
Sabe, pensar duas vezes é a distância
Entre os que sonham e os que vivem.
Então, viva. Sai dessa.”

“Namore uma mulher que sorria.
Ela vai te ensinar
Que ´r nas coisas mais simples da vida
Que estão os momentos mais importantes.”

“Acredite. Você não sabe a sorte que tem
Em ser o novo sonho de alguém.
Eu posso ser fiel.
Ou um romântico declarado.
Pode me chamar de bobo, sonhador ou louco.
Eu vou continuar romântico e fiel.
E pode ter certeza, não acho fidelidade
Uma qualidade ou digna de prêmio Nobel.”

“Em Agosto uma das maiores editoras do país me procurou.
Eu disse:
Você pode enviar sua proposta, mas estou aguardando
A resposta de outra editora para fechar.
Então, eles enviaram a proposta.
Ofereceram o mundo e mais 20 mil reais adiantado.
Aí a Alessandra voltou de férias e disse:
Ique, não vou te oferecer o mundo,
e nem o adiantamento. Mas posso te garantir que vou
dedicar a minha vida e meu amor nesse livro com você.
Então liguei para a outra editora e disse:
Obrigado pela proposta. Mas vou fechar com a outra editora.
Tive de escutar no telefone:
Não faz isso! Quanto eles te pagaram? Eu pago o dobro!
Eu poderia ter aceitado, mas onde estaria a vida e o amor?
Não aceitei.
Escolhi a Alessandra,
Que me ofereceu o que dinheiro nenhum pode comprar.
Amor, vida e carinho.”

Ique Carvalho
Conclusão:
O livro não é todo poesia, é prosa, comédia e fatos da vida. E é também um dos melhores livros que li esse ano e um dos melhores nacionais que li em toda a minha vida. A riqueza de sentimentos e emoções retratadas no livro vão te levar a uma viagem por dentro de si. É impossível passar pelo livro sem mudar nem um pouquinho nossas maneiras e formas de ver a vida. Mais do que recomendado a leitura de Faça Amor, Não Faça Jogo. Sem diferenciação de sexo ou idade, afinal, não há idade certa para amar, e nada em nossas vidas é mais importante que o amor.

Autor: Ique Carvalho
Livro: Faça Amor, Não Faça Jogo
Editora: Gutenberg
Ano: 2014
Páginas: 223


Ler é Mais

Lorem ipsun